Nova chance para Vagner Love ou Gustagol no Corinthians

Love pinta como opção para Dyego Coelho no fim de semana (Gero Rodrigues/Ofotografico/Lancepress!)
Love pinta como opção para Dyego Coelho no fim de semana (Gero Rodrigues/Ofotografico/Lancepress!)


O ataque do Corinthians deve ter mudanças para o jogo de domingo, contra o Flamengo, no estádio Nilton Santos. Titular do ataque com o interino Dyego Coelho, Mauro Boselli trata de uma contratura muscular na coxa direita e dificilmente terá condições de jogo no fim de semana. Sendo assim, Vagner Love ou Gustagol ganharão espaço na equipe titular do Alvinegro.

Desde a demissão de Fábio Carille, no dia 3 de novembro, e a efetivação de Dyego Coelho no comando do Timão, Mauro Boselli foi o escolhido da comissão técnica nos três jogos disputados de lá para cá. O argentino marcou dois gols contra o Fortaleza, e teve atuações discretas contra Palmeiras e Internacional.

Diante dos Colorados, inclusive, o centroavante pediu para ser substituído no segundo tempo por conta de dores na parte posterior da coxa. Após exames realizados na última terça-feira, o departamento médico do Corinthians identificou uma contratura muscular e corre contra o tempo para ter o jogador no fim de semana. A probabilidade, no entanto, é baixa.

TABELA

>Confira a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro





Com isso, a vaga no ataque será herdada por Vagner Love ou Gustagol, os outros dois centroavantes do elenco. Nos próximos dias, a comissão técnica inicia a montagem do time titular para o duelo no Nilton Santos e definirá o provável substituto de Mauro Boselli.

Curiosamente, a dupla divide a artilharia do Corinthians nesta temporada. Tanto Love como Gustagol somam 12 gols, cada, ao longo do ano e tiveram bons e maus momentos em 2019. Agora, nesta reta final do Campeonato Brasileiro, disputam novamente a titularidade do Timão.

No domingo, às 18h, o Corinthians visita o Botafogo no Rio de Janeiro em jogo válido pela 34ª rodada. O clube do Parque São Jorge briga por uma vaga na Copa Libertadores do ano que vem, enquanto a equipe carioca tenta se livrar do rebaixamento para a Série B em 2020.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também