NotreDame Intermédica é multada em R$ 4,37 milhões pelo Procon

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O Procon de São Paulo anunciou ter aplicado uma multa à operadora de planos de saúde e redes de hospitais NotreDame Intermédica no valor de R$ 4,37 milhões. As informações são da Exame.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

O valor das multas, nesses casos, é calculado de acordo com o porte da empresa, a gravidade da infração e a vantagem obtida pela empresa, como previsto no Código de Defesa do Consumidor.

Leia também

Segundo o Procon, a NotreDame não respondeu a uma notificação enviada, onde eram requisitadas informações sobre reclamações feitas por clientes em torno de pedidos de realização de exames da COVID-19.

A operadora ainda tem o direito de recorrer à multa.

Em nota obtida pela Exame, a NotreDame afirma ter recebido a notícia da multa com “enorme surpresa”, e que a resposta da notificação havia sido sim enviada ao Procon, via e-mail.

O Procon-SP notificou a empresa no dia 21 de setembro, com pedido de prestação de esclarecimentos sobre reclamações de clientes que alegaram ter encontrado obstrução da empresa em seus pedidos de exame da COVID-19.

A NotreDame nega, e afirma já ter realizado mais de 170 mil exames de COVID-19.