Notícias do dia - O que você precisa saber para começar a quarta

Redação Notícias
·4 minuto de leitura
A bird flies over a cross in an area reserved for the burial of COVID-19 victims at the Nossa Senhora Aparecida cemetery in Manaus, Brazil, on January 5, 2021. (Photo by MICHAEL DANTAS / AFP) (Photo by MICHAEL DANTAS/AFP via Getty Images)
A bird flies over a cross in an area reserved for the burial of COVID-19 victims at the Nossa Senhora Aparecida cemetery in Manaus, Brazil, on January 5, 2021. (Photo by MICHAEL DANTAS / AFP) (Photo by MICHAEL DANTAS/AFP via Getty Images)

Covid-19: Brasil tem 1.248 mortes em 24 horas, ‘O Brasil está quebrado e não posso fazer nada', diz Bolsonaro, Covid-19: Variante mais contagiosa preocupa Brasil, Covid-19: Manaus decreta emergência por 6 meses, Bolsonaro ironiza críticos: 'Defendi peixinhos da Covid-19', Covid-19 causa distúrbios neurológicos em casos leves, Brasil atinge o maior número de famílias em extrema pobreza desde 2014, países que Bolsonaro elogia lideram vacinação contra Covid-19 e chance de setor privado 'estrear' vacinação é remota.

Confira o que você precisa saber para começar a quarta-feira, dia 6 de janeiro de 2020:

Covid-19: Brasil tem 1.248 mortes em 24 horas

O Brasil registrou 1.248 novas mortes pelo novo coronavírus e 58.679 casos da doença nesta terça (5). Com isso, o total de mortos chegou a 197.732 e o de casos a 7.810.400, de acordo com o painel atualizado pelo Conass (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde), um sistema próprio de informações que reúne dados de contaminados e de óbitos em contagem paralela à do governo. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

‘O Brasil está quebrado e não posso fazer nada', diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta terça-feira que o Brasil está "quebrado" e que ele não consegue "fazer nada". Bolsonaro citou a alteração da tabela do Imposto de Renda (IR) como uma das promessas que não consegue cumprir. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Covid-19: Variante mais contagiosa preocupa Brasil

A Inglaterra e a Escócia determinaram uma quarentena total para tentar controlar a disseminação da Covid-19, que está acelerando com o avanço de uma cepa do novo coronavírus que é 70% mais contagiosa do que a que circulava inicialmente. A variante, descoberta em 14 de dezembro no Sudeste inglês, já foi identificada em outros países, inclusive no Brasil — o governo de São Paulo nesta segunda-feira (4) que dois pacientes da capital foram infectados por esta linhagem do Sars-Cov-2. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Covid-19: Manaus decreta emergência por 6 meses

Manaus declarou estado de emergência de 180 dias — 6 meses — devido ao aumento de novos casos do novo coronavírus, de acordo com um comunicado. O decreto permite ao governo municipal contratar temporariamente pessoal, serviços e materiais sem licitações públicas. Um decreto separado suspende a autorização para eventos e revoga as já concedidas, enquanto um terceiro estabelece o teletrabalho para funcionários municipais não essenciais até março. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Bolsonaro ironiza críticos: 'Defendi peixinhos da Covid-19'

O presidente Jair Bolsonaro afirmou a apoiadores, na entrada do Palácio do Alvorada, que entrou na água na praia com máscara para “não pegar covid nos peixinhos”, após tirar foto com uma criança. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Covid-19 causa distúrbios neurológicos em casos leves

A retomada do avanço da Covid-19 registrada a partir de novembro ameaça levar ao crescimento do número de pessoas acometidas por distúrbios neurológicos, de depressão a problemas de memória. O alerta é do neurocientista Daniel Martins-de-Souza, do Instituto de Biologia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Brasil atinge o maior número de famílias em extrema pobreza desde 2014

O número de famílias em extrema pobreza cadastradas no CadÚnico (Cadastro Único para programas sociais do governo federal) superou a casa de 14 milhões e alcançou o maior número desde o final de 2014. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Países que Bolsonaro elogia lideram vacinação contra Covid-19

Enquanto o presidente Jair Bolsonaro minimiza a vacinação contra a Covid-19, colocando a eficácia dos imunizantes em dúvida e dizendo não ter "pressa" para comprá-los, países governados por líderes aliados lideram a vacinação no mundo: Israel e Estados Unidos. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Chance de setor privado 'estrear' vacinação é remota

O advogado e diretor-executivo do Instituto Questão de Ciência (IQC), Paulo Almeida, que acompanha as negociações internacionais para a disponibilização de vacinas contra a Covid-19 ao Brasil, afirma que o governo federal não pode obrigar clínicas particulares a vacinar só grupos prioritários, como prevê o Plano Nacional de Imunização (PNI). LEIA A MATÉRIA COMPLETA