Nos pênaltis e em tarde de Wylderk, Floresta elimina o Athletico-PR da Copinha

Partida aconteceu na cidade de Franca (Matheus Afonso/Divulgação/Floresta)


Em confronto na tarde desta segunda-feira (16) pelas oitavas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o Floresta eliminou, nos pênaltis, o Athletico-PR. Após o 0 a 0 no tempo normal, os cearenses acertaram todas as suas cobranças e venceram com o placar de 4 a 2.

Na etapa inicial, o compromisso disputado no Estádio Doutor Lancha Filho teve oportunidades para os dois lados onde o arqueiro Wylderk, do time cearense, e a trave esquerda de Gabriel Pereira foram os grandes responsáveis pela manutenção do placar zerado.

>Confira as movimentações do mercado da bola no LANCE!

No segundo tempo, o contexto de equilíbrio permaneceu idêntico onde o grau de perigo das oportunidades ofensivas aumentou consideravelmente.

O Furacão, logo aos sete minutos, teve uma penalidade à seu favor quando Juninho foi derrubado pelo arqueiro do Floresta dentro da área. Entretanto, na cobrança, Wylderk se recuperou do lance anterior e pulou no canto esquerdo para defender a batida rasteira e, novamente, frustrar o ataque paranaense.

Do lado da equipe de Fortaleza, o grande momento veio apenas três minutos depois. Em cobrança de falta cortada parcialmente, a bola sobrou para cruzamento onde Athirson cabeçeou e Gabriel Pereira fez ótima defesa. No rebote, Léo bateu rasteiro e o zagueiro João Vialle conseguiu cortar em cima da linha.

Desta forma, a disputa por vaga nas quartas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior foi para a marca da cal onde Wylderk novamente brilhou. Além de defender a batida de Pierre, ele viu Leonardo Derick isolar sua cobrança e coube a Maicon Kauã sacramentar a histórica classificação do Floresta.

O adversário do time cearense nas quartas de final sairá do embate entre Mirassol e Palmeiras, previsto para ocorrer também nesta segunda-feira, às 21h45 (de Brasília), em São José do Rio Preto.