Nos braços da galera, Flu chega a Macéio para o jogo contra o CSA

Muriel está se recuperando de uma fratura na mão esquerda (Foto: Mailson Santana/Fluminense)
Muriel está se recuperando de uma fratura na mão esquerda (Foto: Mailson Santana/Fluminense)


Com o apoio dos seus torcedores, que marcaram presença no Aeroporto Zumbi dos Palmares, a delegação do Fluminense desembarcou em Maceió, para a partida desta segunda-feira, contra o CSA, às 20h, no Rei Pelé. Os tricolores mataram a saudade do time, que não atua na cidade desde o dia 24 de agosto de 1998, quando empatou com o CRB por 2 a 2, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Muriel e Matheus Ferraz, mesmo sem condições de entrar em campo, estão juntos do elenco para dar apoio aos companheiros. O goleiro se recupera de uma fratura na mão esquerda, enquanto o zagueiro está em transição física, após ter sofrido uma grave lesão no joelho direito. A partida está sendo encarada com uma verdadeira decisão na luta contra o rebaixamento, já que ambas as equipes estão no Z4.

TABELA
Confira a classificação do Campeonato Brasileiro


- Cada partida tem que ser (uma decisão). O momento que nos encontramos não é fácil. Mas no momento só dependemos de nós mesmos. Não é um momento confortável para a gente. Procuramos passar tranquilidade para os mais jovens, para que eles possam também fazer o melhor em campo e para que possamos alcançar as vitórias - disse Ganso ao site do Globo Esporte.

Com 35 pontos, o Fluminense ocupa a 17ª posição. O CSA vem logo atrás, com 29 pontos. Em caso de empate, o Tricolor deixa a zona de rebaixamento, empurrando o Cruzeiro, que tem 36 pontos, mas possui duas vitórias a menos.









Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também