Norueguês explica segredo que o ajudou a destruir recorde mundial: "Venho treinando que nem um maníaco"

·2 minuto de leitura
Tokyo 2020 Olympics - Athletics - Men's 400m Hurdles - Final - Olympic Stadium, Tokyo, Japan - August 3, 2021. Karsten Warholm of Norway reacts after crossing the line to win gold REUTERS/Lucy Nicholson     TPX IMAGES OF THE DAY
Karsten Warholm (à direita) comemorou muito sua vitória nos 400m com barreira. Foto: Lucy Nicholson/Reuters

A final dos 400m com barreiras dos Jogos de Tóquio foi, possivelmente, a melhor final da história do atletismo. Sete dos oito atletas que a disputaram fizeram o melhor tempo da sua vida, e dois deles quebraram o recorde mundial. Rai Benjamin, dos Estados Unidos e Karsten Warholm, da Noruega, correram muito abaixo dos 46,70s, antigo recorde mundial. Benjamin finalizou a prova em 46,17s, enquanto Karsten Warholm conseguiu ficar abaixo dos 46s, com a incrível marca de 45,94s.

O norueguês havia batido o recorde mundial pela primeira vez em julho e, pouco mais de um mês depois, o destruiu. Emocionado e exaltado após a conquista, Warholm deu uma entrevista memorável: "Muitas vezes me perguntaram sobre qual era a corrida perfeita. Eu sempre disse que ela não existe, mas hoje foi o mais próximo que me aproximei dela. Eu não consigo sequer explicar como isso é importante pra mim.".

Leia também:

Warholm também afirmou que não conseguia acreditar no tempo registrado quando terminou a prova. "Eu não consigo acreditar. É muito rápido". O norueguês também disse que não está satisfeito, e que vai colocar novos objetivos para o futuro. "Eu estava muito focado em conseguir essa medalha para minha coleção, que agora está completa. Eu preciso colocar novos desafios para mim, não acredito que esse seja o final para mim".

Ele também explicou o segredo para o seu sucesso, e disse que tinha um bom pressentimento para a final "Eu venho treinando que nem um maníaco. Eu sofri para dormir ontem, porque eu estava com um sentimento especial no peito. Eu estava me sentindo que nem uma criança na véspera de natal. É um sentimento que eu achava que nunca teria depois de velho, mas eu o tive ontem a noite."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos