No Vasco para recuperar a carreira, Michel lembra drama com lesão: 'Não tinha leito para fazer a cirurgia'

·1 minuto de leitura


Contratado por empréstimo junto ao Grêmio, o volante Michel chega para recuperar a carreira. Ele mesmo admitiu isso na apresentação no Vasco, na tarde desta quinta-feira. Por uma lesão no joelho esquerdo, ele não entra em campo desde fevereiro do ano passado. Mas explica que nem tudo que lhe impediu de jogar foi questão médica dele.

- Estou, em relação à lesão, 100% recuperado. Tive todo esse tempo de recuperação. O tempo que fiquei parado não foi pela lesão, mas, sim, pela pandemia. Tive o azar de me machucar bem no início (da pandemia). Não tinha leito para fazer a cirurgia. Mas deu tudo certo, no tempo determinado eu pode voltar a treinar - explicou Michel. E emendou:

- Até conversei com ele (Alexandre Pássaro, diretor executivo de futebol do Cruz-Maltino): tenho total confiança, estou à disposição. Se fosse para jogar sábado, eu já jogaria. Mas eles (departamento de futebol) decidiram que eu devo me preparar para, na próxima terça-feira, eu estar em campo e dar o meu melhor - afirmou.

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

Os contatos para Michel defender o Vasco não foram poucos. Há cerca de um mês, Pássaro falou com o jogador, que ainda estava em recuperação física após os problemas físicos. Passada a tormenta, o meio-campista precisou abdicar de parte dos vencimentos no Tricolor Gaúcho. Trocando em miúdos, o Grêmio segue pagando uma parte do salário, o Vasco paga outra e ele deixa de receber outra parcela.

- Ele faz, originalmente, a posição de volante, mas jogou com o Cabo (no Atlético-GO) sete jogos como lateral-esquerdo e o Cabo confiou a ele qualquer eventualidade que precisemos aqui. Joga de zagueiro também. Hoje (quinta-feira), inclusive, treinou de zagueiro - explicou o dirigente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos