No Rio, deputada bolsonarista nomeia empregada doméstica como assessora parlamentar

Yahoo Notícias
“Fazer política por amor, porque acreditamos num país melhor”, disse a parlamentar na época em que fazia campanha (Foto: Twitter/Reprodução)
“Fazer política por amor, porque acreditamos num país melhor”, disse a parlamentar na época em que fazia campanha (Foto: Twitter/Reprodução)

A deputada bolsonarista Alana Passos (PSL-RJ) nomeou como assessora parlamentar de seu gabinete na Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) sua empregada doméstica. 

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

Segundo reportagem da TV Globo, desta quinta-feira (25), Fabiana Cristina da Silva ocupa o cargo de assessora parlamentar, porém, faz faxina na casa da deputada. 

O pagamento total recebido pela funcionária, que seriam pagos com verba pública, é de R$ 2.147. Desse valor, R$ 909,81 fazem parte do salário, como consta na folha de pagamento da Alerj, mais R$ 1.238,00 de verba indenizatória, conhecido como auxílio-educação, e R$ 1.260,00 por mês como auxílio alimentação.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Segundo Fabiana, ela exerce atividades como limpeza e cozinha desde dezembro de 2019. “Eu achei que fosse trabalhar de carteira assinada, não sabia que seria assim entrar por entrar na Alerj. Eu sempre fui empregada doméstica, trabalhava na casa dela”, afirmou a empregada, em entrevista à Globo.

Já a deputada, que foi a parlamentar mulher mais votada do Rio de Janeiro, negou que Fabiana seja doméstica. Segundo reportagem, ao ser questionada sobre as afirmações da funcionária, ela disse que tem um escritório parlamentar dentro de casa.

Leia também

Quando eleita, a 2° Sargento Paraquedista do Exército Brasileiro, mãe, casada, cristã, conservadora e de direita, como ela mesma diz em suas redes sociais, Passos se elegeu com as bandeiras da “nova política” e do fim da corrupção.

 “Fazer política por amor, porque acreditamos num país melhor”, disse a parlamentar na época em que fazia campanha.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também