No Resenha ESPN, Mancuso pede o fim das comparações entre Messi e Maradona


Campeão das Américas pela seleção argentina, Alejandro Mancuso é o convidado do Resenha ESPN inédito desta semana. Conhecido no Brasil por suas passagens por Palmeiras, Flamengo e Santa Cruz, nos anos 90, o ex-jogador é a atração do programa apresentado por André Plihal, com a participação de Alex, Djalminha e Zé Elias, que vai ao ar nesta sexta, às 22h, na ESPN Brasil.

O ex-volante já teve a oportunidade de trabalhar com os dois maiores craques argentinos de todos os tempos - foi auxiliar técnico da seleção na Copa do Mundo de 2010, sob o comando de Diego Maradona, e dentro de campo o protagonista era Lionel Messi.

- Tudo o que Messi faz no mundo, todos falam muito bem, maravilhas de Messi. Aqui na Argentina, o tempo inteiro nós ficamos comparando ele com Maradona. Não tem que comparar! O Messi faz gol toda hora, é artilheiro, passa uma temporada, duas, três... Ganha Champions League, La Liga, prêmio de jogador do mundo - comenta.

Mancuso também revela a única coisa que fará Messi ser considerado maior que Maradona na mente dos argentinos e lamenta que o craque não tenha conseguido alcançar este feito em 2014.

- Nós (argentinos) ficamos comparando: para ser melhor que Maradona o Messi tem que ganhar a Copa. É fácil ganhar a Copa do Mundo? Eu apenas acho que a Argentina deveria ter ganho a Copa do Mundo de 2014 no Brasil - finalizou o argentino.









Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também