No 'melhor ano da carreira', Marcos Felipe cita motivação por Liberta e defende Marcão no Fluminense

Luiza Sá
·3 minuto de leitura


Dentre as várias mudanças que o Fluminense passou no final de 2020, uma delas vem agradando cada dia mais a torcida. Criado na base, o goleiro Marcos Felipe assumiu a titularidade do Tricolor e, apesar dos resultados ruins recentes, tem sido bem avaliado. No clube desde 2009, ele só foi estrear pelo time principal em 2016. Nesta temporada, soma 10 partidas, a maior sequência da carreira. Aos 24 anos, o arqueiro demonstrou todo carinho pelo Flu em entrevista exclusiva ao LANCE!.

> Renovações, técnico e outros: as dez prioridades do Fluminense para o início de 2021

- Avalio meu 2020 como melhor ano da minha carreira, fico muito feliz de ter esse carinho da torcida e feliz também pela sequência que venho tendo. Cheguei ao clube dia 4 de março de 2009, graças a Deus conquistei grandes campeonatos, fiz muitos amigos, sou muito grato ao Fluminense. Minha relação sempre foi muito boa com o clube e funcionários, nunca tive problemas. É a minha casa - afirmou o goleiro.

VEJA A TABELA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Com o ano instável de Muriel, Marcos Felipe acabou assumindo a vaga, soma cinco partidas consecutivas e não tem pretensão de deixar o time titular. Entretanto, ele espera que seu bom momento reflita também no time. O Fluminense não vence há três jogos, desde que Odair Hellmann saiu e deu lugar a Marcão. Apesar das críticas, o goleiro defende o novo treinador e projeta o sonho de voltar à Libertadores após oito anos. Na quarta-feira, o Flu faz o clássico com o Flamengo, às 21h30, no Maracanã, pela 29ª rodada do Brasileirão.

- Vejo o grupo muito motivado para conquistar essa vaga para a Libertadores, sabemos que o Campeonato Brasileiro é uma competição muito difícil, mas trabalharemos para conquistar essa vaga. Pode ter certeza. Vínhamos de um trabalho bom com o Odair, vi com bons olhos a escolha do Marcão, até porque ano passado ele foi um dos responsáveis pela permanência do Fluminense na Série A. Tenho certeza que o Marcão irá mostrar mais uma vez que tem competência para estar onde ele está. O que falta para nós vencermos é caprichar nas definições das nossas jogadas, sermos mais verticais, mais agressivos - avaliou.

Marcos Felipe - Fluminense
Marcos Felipe - Fluminense

Marcos Felipe em treino (Foto: Mailson Santana/Fluminense FC)

INSPIRAÇÕES NO TRI

Criado pelo Fluminense, Marcos Felipe viu dentro do próprio clube uma inspiração para manter a paciência por um espaço no time. Em 2010, quando ainda estava no Sub-15, o atual goleiro do Tricolor viu Ricardo Berna terminar a campanha do tricampeonato brasileiro como titular após começar na reserva de Rafael e Fernando Henrique.

- O Berna é amigo, desde os meus primeiros treinos junto da equipe principal, ele sempre me aconselhou, sempre me ajudou a evoluir. Tenho muitos goleiros como exemplo dentro do clube, todos com grandes títulos, procuro tirar proveito da qualidade de cada um - disse Marcos Felipe.

Independentemente de quem terminar a temporada como titular, Marcos Felipe destaca a motivação para se manter focado, mesmo sem atuar. Foram oito jogos no Brasileirão e dois no Carioca, com 11 gols sofridos.

- Eu fiquei quase três anos sem jogar uma partida oficial, realmente não foi e não é fácil. Para não desanimar é preciso buscar motivação interna, trabalhar cada vez mais. Eu agradeço muito a Deus por ter me dado uma esposa maravilhosa, ela quem me deu todo o suporte nos momentos mais complicados, agradeço muito a ela por tudo que fez e faz por mim - concluiu.

Veja outras respostas:

Como é sua relação com o Muriel?

Minha relação com o Muriel é uma relação de muito respeito. Competição saudável. É um grande goleiro.

É um ano bastante atípico, com jogos logo depois do Natal e ano novo. Como fazer para se preparar com esse ritmo e já na reta final da temporada?

Temos que ter a consciência de que tudo está diferente, e por isso, se cuidar, trabalhar mais, para estarmos preparados para todos os desafios que a temporada ainda nos reservará.