No Maracanã, Fluminense bate o Botafogo-PB e garante vaga na terceira fase da Copa do Brasil

Felipe Melo
LANCE!


No Maracanã, o Fluminense derrotou o Botafogo-PB por 2 a 0 e garantiu a vaga na terceira fase da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira. Marcos Paulo e Nenê marcaram os gols da vitória, Este foi o décimo gol do camisa 11 com a camisa do Flu. Já o meia é o artilheiro da competição com 3 gols. O Tricolor perdeu diversas oportunidades e teve a chance de ampliar o marcador.

Na próxima fase da competição, o Fluminense enfrenta o Figueirense. Já pelo Campeonato Carioca, o Tricolor volta a campo, domingo, dia 8, contra o Resende, às 18h, no Maracanã.

Ímpeto ofensivo

A partida começou com o Fluminense tomando a iniciativa do ataque. O tricolor trabalhou bem a bola e as oportunidades começaram a aparecer. Aos 15, Egídio acertou um belo cruzamento na cabeça do centroavante Evanílson que escorou rente à trave esquerda do goleiro Samuel. Já aos 24, Yago Felipe alçou a bola na área e Gilberto bateu na trave. O Flu pressionou e o Belo ficou na retranca, porém faltou ao tricolor, mais movimentação para furar o bloqueio e finalizar melhor. No fim, após bom passe de Marcos Paulo, Wellington Silva bateu em cima de Samuel aos 38.

Retranca Total

Ao longo de todo primeiro tempo, o Botafogo-PB se limitou a ficar na retranca, buscando aproveitar algum contra-ataque. Foram 7 finalizações do Flu contra apenas uma do Belo. Apesar das chances criadas pelo tricolor, o time paraibano marcou bem na primeira etapa, não dando espaço para Nenê e os volantes do tricolor. A única oportunidade do Belo foi um chute de fora da área de Cássio Gabriel, mas longe do gol de Muriel.

Enfim, o gol saiu...

No segundo tempo, o Fluminense seguiu pressionando. Com a entrada de Fernando Pacheco no lugar de Wellington Silva, que não fazia um bom jogo, o time conseguiu criar ótimas oportunidades até que aos 7 minutos, o gol tricolor. Em cruzamento rasteiro de Gilberto, Evanílson fez um lindo corta-luz, para que na entrada da área Marcos Paulo marcasse seu décimo gol com a camisa tricolor.

Pênalti e vitória garantida

No segundo tempo, o Fluminense seguiu pressionando, mas foi o Belo que quase empatou com Dico. O atacante driblou Muriel, e bateu para o gol. A bola bateu no joelho de Nino e Digão tirou o perigo. Aos 28, o árbitro marcou um pênalti inexistente de Lohan em Gilberto. Nenê bateu com categoria e decretou a vitória e a classificação tricolor. O Flu ainda teve outras oportunidades de ampliar o marcador, mas faltou capricho. No fim, Muriel ainda trabalhou em cabeçada de Wellington Cézar.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 2X0 BOTAFOGO-PB

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 04/3/2020, às 19h15
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO) NotaL!: 5,0 Deu um pênalti que não existiu e não conduziu bem a partida.
Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Márcio Soares Maciel (GO)
Gramado: Ótimo
Público e renda: 12.619 presentes / R$ 341.340,00
Cartões amarelos: Lohan (BOT), Fred (BOT), Wellington Silva (BOT), Nenê (FLU)
Cartão Vermelho: -
Gols: Marcos Paulo 6' 2ºT (1-0) / Nenê 28' 2ºT (2-0)

FLUMINENSE: Muriel,Gilberto, Nino, Digão (Matheus Ferraz 42' 2T) e Egídio; Hudson, Yago, Nenê (Ganso 38' 2T); Marcos Paulo, Wellington Silva (Fernando Pacheco - Intervalo) e Evanílson. Técnico: Odair Hellmann.

BOTAFOGO-PB: Samuel, Léo Moura, Fred, Luís Gustavo, Mário; Rogério (Wellington Cézar 22’ 1T), Everton Heleno (Dico 16' 2T), Juninho (Pimentinha 29' 2T), Cássio Gabriel, Rodrigo Andrade; Lohan. Técnico: Evaristo Piza.






























Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também