No Japão, volante Arthur Feitoza conta detalhes do futebol no país 'Seguimos em quarentena


O volante Arthur Feitoza, do FC Tokyo, segue de quarentena no Japão. O jogador está em sua segunda temporada pelo clube japonês e conta um pouco dos detalhes do isolamento no país onde vive. Triste pelo cenário do futebol mundial, o brasileiro lamentou a ausência da rotina dentro do clube, da convivência com os companheiros, os treinamentos e os jogos.

- Seguimos em quarentena, não estamos treinando. O clube nos passa trabalhos por videoconferência e os atletas estão se exercitando em casa. Seguimos a programação da comissão técnica, sem contato com os companheiros - contou Arthur Feitoza, que avaliou:

- A situação aqui acredito que esteja igual aos outros. Não temos nenhuma data certa para o retorno do Campeonato. A J-League ainda não se posicionou sobre isso. Estamos aguardando pra saber quando poderemos voltar a fazer o que a gente ama.

Ressaltando as dificuldades da sequência na J-League por causa da pandemia do Coronavírus, Arthur projetou o que pode ser do FC Tokyo para o retorno do futebol. No ano passado, o clube foi vice-campeão da primeira divisão japonesa, ficando atrás apenas do Yokohama Marinos, que só garantiu o título na última rodada.

- Espero uma temporada muito boa com o FC Tokyo. Mas essa pandemia deu uma quebrada no trabalho e isso é ruim. Comecei o ano bem, o time todo. Temos que ter a cabeça boa, pensamento positivo e pensando em coisas grandes. Quando voltar, vamos retomar do zero e trabalhar pra entrar no ritmo o mais rápido possível pra já iniciar fazendo bons jogos e contribuir para a equipe e fazer um grande ano, que se Deus quiser, será abençoado - decretou.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também