No Japão, Levir Culpi revela: 'Não quero mais trabalhar no Brasil'

LANCE!
·1 minuto de leitura


Levir Culpi, contratado este ano para trabalhar no Cerezo Osaka, afirmou que não pretende trabalhar como técnico no Brasil, em entrevista ao "BandSports". O veterano esteve fora da beira dos gramados desde 2019, quando havia deixado o comando do Atlético-MG.

- Eu dei uma declaração dizendo que não queria ser mais técnico de futebol e estava aposentado. Mas no Brasil eu não quero trabalhar mais. Quando tocou o telefone do Japão, não houve nada que me impedisse de vir, pois estou feliz, pude reencontrar amigos e o respeito com o treinador é diferente. Tudo é favorável.

Levir Culpi está em sua terceira passagem pelo Gamba Osaka e ocupa a 4ª colocação do Campeonato Japonês. A equipe do brasileiro está com os mesmos 20 pontos do Sagan Tosu, que ocupa a 3ª posição, e luta por uma vaga na próxima Champions League da Ásia.