No Estádio do Café, Coritiba mostra poder de reação e derrota o Londrina de virada


O torcedor sofreu, mas, no fim, a vitória foi do Coritiba no Estádio do Café. Após ficar duas vezes atrás no placar, a equipe do Coxa conseguiu correr atrás do empate e, no segundo tempo, com Sassá, de pênalti, segurou o placar de 3 a 2 até o final, para delírio dos comandados de Eduardo Barroca.

Com o resultado, a equipe visitante pulou para a segunda colocação na competição, agora com 11 pontos. Já os donos da casa caíram para a quinta posição, mantendo seus 9 pontos.

PRIMEIRO TEMPO

Mesmo jogando com a força de sua torcida, a equipe do Londrina sabia das dificuldades que teria em campo. Com isso, nos primeiros 10 minutos, tentou pressionar a equipe do Coritiba, porém sem causar sustos na defesa adversária.

Na sequência, até meados dos 20 minutos, poucos eram os lances de perigo para os dois lados. Em umas das tentativas com chance real para abrir o marcador, o goleiro Muralha foi testado, porém não deu rebote no chute de William Matheus.

Relativamente melhor no duelo, já que o Coritiba até conseguia criar algumas jogadas, o Londrina, aos 25, conseguiu marcar seu gol. Em jogada iniciada no cruzamento de Marcelinho, o atacante Júnior Pirambu conseguiu cabecear e marcar. 1 a 0.

Mas a equipe visitante não quis saber de desanimar e, minutos mais tarde, aos 34, chegou ao empate. Em chute na entrada da área, a bola de Ruy acabou desviando e acaba indo no canto do goleiro Matheus Albino. 1 a 1.

Com a igualdade no placar, foi a vez do Londrina não deixar o adversário crescer no jogo. Sendo assim, aos 39, outra vez ele, Júnior Pirambu, marcar seu segundo tento, mandando uma bomba no ângulo de Muralha, após sair da marcação. 2 a 1.

Até os acréscimos, os comandados de Barroca tentaram novamente deixar tudo igual. E conseguiram. Se de um lado Pirambu estava em dia inspirado, o meia Ruy também vivia uma tarde iluminada e, em cobrança de falta na gaveta, Matheus Albino ainda tentou defender, mas a bola acabou no fundo das redes. 2 a 2.

SEGUNDO TEMPO

Diferente de como foi na etapa inicial, as equipes iniciaram pressionando uma à outra. No entanto, foi o Coritiba quem teve a grande oportunidade de ficar em vantagem no jogo, ao ser marcado um pênalti em Sassá. Na cobrança, o próprio atacante, com estilo, deixou o dele. 3 a 2.

Com a vantagem no placar, o Coxa tentou manter o embalo e continuou indo pra cima do Londrina. No entanto, até meados dos 30 minutos, buscava lançamentos para seu campo de ataque visando Sassá, mas a bola não chegava no jogador, fazendo com o que o Leão tentasse trabalhar para buscar o empate.

Na reta final de confronto, até os acréscimos dados pelo árbitro, o Londrina tentou de todas as formas. Porém nenhuma finalização foi suficiente para encontrar seu tento, dando a deixa para a arbitragem soprar o apito.




















Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também