No Dia da Consciência Negra, Atlético-MG e Cruzeiro prestam homenagens nas redes sociais

Imagens publicadas pelas equipes - (Montagem de Filipe Sodré/Valinor Conteúdo, sob fotos de Divulgação/Atlético-MG e Divulgação/Cruzeiro)


Em 20 de novembro, comemora-se o Dia da Consciência Negra. Mais uma data histórica, que marca a importância e a necessidade da luta contra atitude racistas e preconceituosas. Como não poderia ser diferente, Atlético-MG e Cruzeiro se manifestaram nas redes sociais.

O Galo usou a figura do ex-atacante Reinaldo. Maior artilheiro da história do clube, com 255 gols, o Rei, como é carinhosamente chamado pela torcida atleticana, costumava comemorar seus tentos com o punho direito cerrado e apontado para cima, inspirado no Movimento dos Panteras Negras, e em protesto pelo fim da ditadura.

Ao todo, foram pouco mais de 12 anos, 475 partidas, oito edições do Campeonato Mineiro e duas Taças Minas Gerais do ex-jogador com a camisa alvinegra.

Já o Cruzeiro, homenageou personalidades e ex-atletas do clube. Dentre os lembrados, o cantor Milton Nascimento, que fez sua última apresentação há uma semana, no Mineirão, e o ex-volante Tinga, campeão brasileiro pela Raposa.