No Dia do Botonista, Museu do Futebol faz live sobre a evolução do futebol de botão no Brasil

LANCE!
·1 minuto de leitura


No dia 14 de fevereiro comemora-se o Dia do Botonista, em homenagem ao aniversário do pintor e ator Geraldo Cardoso Decourt, que inventou o jogo no início da década de 30. Para celebrar a data, no próximo domingo, às 11h, o Museu do Futebol realiza uma live com o tema “Futebol de botão: de brinquedo à profissão”, com transmissão no Facebook e no YouTube.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

GALERIA
> Estudo as torcidas mais felizes e as que passam mais raiva. Veja o ranking!

O Museu do Futebol é uma instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo.

Participam do papo os colecionadores Luciano Araujo, da Botões Clássicos, o publicitário Alexandre Sousa, e o médico intensivista Haggeas Fernandes. A mediação é do jornalista e documentarista Paulo Júnior, que apresenta o podcast Meu Time de Botão, da Central3.

Em uma época em que não existia videogame, computador e internet, as crianças se divertiam criando jogos com os materiais que tinham à mão. O futebol de botão se popularizou nos anos 80 e logo virou paixão nacional. Até mesmo o Rei Pelé conta que brincava na infância.

Assim, o debate vai atravessar o papel da memória afetiva do jogo e sua importância para a formação dos jovens torcedores no país do futebol, passando também pela história, profissionalização, pela paixão dos colecionadores e por como a atividade tem sido um processo terapêutico durante a pandemia.

A transmissão será feita nos canais do Museu do Futebol:

No Youtube: https://www.youtube.com/user/museudofutebolspaulo/
No Facebook: https://pt-br.facebook.com/museudofutebol/