No desembarque em Salvador, Gilberto afasta hipótese de elenco 'rachado'

Futebol Latino
LANCE!
Foto: Divulgação/Bahia
Foto: Divulgação/Bahia


Tamanha tem sido a sequência negativa do Bahia dentro de um momento decisivo da temporada que especulações sobre um problema entre os jogadores e o técnico Roger Machado já vem sendo levantadas.

Algo que, pelo menos no aspecto público, não foi corroborado pelas palavras do centroavante Gilberto.


Na chegada da delegação do Esquadrão a Salvador depois da derrota no Centro-Oeste por 4 a 3 sobre o Goiás, o atacante reforçou a ideia de união existente no grupo e esclareceu que a comemoração de um dos gols no revés onde foi celebrar com o comandante da equipe foi algo em que ele já pensava há algum tempo:

- Eu sempre falei que o grupo era unido, estava sempre motivando um ao outro. Eu sempre motivo o Fernandão para ele ir bem nos jogos assim como quando eu estou nos jogos ele me motiva. Ontem (domingo) eu tinha prometido ao auxiliar dele (Roberto Ribas) que comemoraria com ele e, quando fiz, logo corri em direção a ele porque é um momento onde temos de estar unido em busca de um objetivo que nos comprometemos a lutar até o final.

A diferença para o primeiro time hoje classificado a Pré-Libertadores é de seis pontos já que o Bahia é o 10° colocado com 44 unidades e o oitavo, Corinthians, tem 50. Mesmo restando somente metade dessa quantia em disputa no Brasileirão, a postura do camisa 9 é de seguir com palavras de confiança na possibilidade do feito.

- (Vaga na Pré-Libertadores) Temos de brigar até o final, não podemos desistir. Sou um jogador que na carreira nunca desisti do que queria e não vai ser agora que vou desistir de algo que o clube quer e que os jogadores querem - garantiu.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também