No centésimo jogo de Abel, Palmeiras goleia o Atlético-GO e engata sexta vitória seguida no Brasileirão

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·4 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


No centésimo jogo de Abel Ferreira sob o comando do Palmeiras, os paulistas venceram o Atlético-GO, no Allianz Parque, por 4 a 0, em partida válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro 2021. Raphael Veiga, Rony, Gustavo Scarpa e Breno Lopes marcaram os gols.

Confira os clubes das Américas com mais interações no Twitter em outubro

Com o resultado, o Verdão conquistou sua sexta vitória seguida, chegou aos 58 pontos e permanece na vice-liderança, 10 pontos atrás do Atlético-MG. Já o Dragão conheceu sua terceira derrota consecutiva no Brasileirão e caiu para a 14ª posição na tabela.

No sábado (13), às 17h, a equipe de Eduardo Souza recebe o Santos no Estádio Antônio Accioly. No dia seguinte, às 18h15, os comandados de Abel Ferreira vão até o Maracanã, onde enfrentam o Fluminense.

VERDÃO BRIGA PELO TÍTULO? DRAGÃO NA LIBERTA? SIMULE O BRASILEIRÃO

DUPLA DINÂMICA COLOCA O PALMEIRAS NA FRENTE

A primeira grande oportunidade da partida veio com o Atlético-GO, aos 4 minutos do primeiro tempo. Ronald recebeu lançamento nas costas de Marcos Rocha e saiu cara-a-cara com Weverton, mas chutou para fora.

O Palmeiras esboçou uma resposta com Dudu. O camisa 4+3 teve duas boas oportunidades. Na primeira, puxou da esquerda para o meio, mas bateu fraco. No lance seguinte, fez jogada parecida e tentou chute colocado, mas parou em Fernando Miguel, que mandou para escanteio.

O Verdão, que era melhor na partida, largou na frente aos 13 minutos. Weverton acionou Gustavo Scarpa, que puxou contra-ataque pela direita. Ele rolou na entrada da área para Raphael Veiga, que bateu cruzando e fez seu 42º gol com a camisa do Alviverde, ultrapassando Valdivia na lista de artilheiros do clube.

VERDÃO NÃO DESCANSA E AMPLIA

A equipe da casa não tirou o pé do acelerador e quase ampliou. Primeiro, Victor Luís aproveitou rebote de escanteio e chutou forte, de fora da área, mas a bola passou por cima do gol. Aos 26 minutos, Scarpa recebeu lançamento de Rony e avançou em direção ao gol. Desequilibrado, ele não pegou bem na bola e Fernando Miguel fez a defesa.

O Atlético-GO cedia muito espaço para o Palmeiras jogar e não conseguia acionar o contra-ataque. Com isso, os visitantes cederam mais um gol. Scarpa sofreu falta no lado direito. Ele mesmo bateu, Rony subiu mais que os zagueiros e testou firme para as redes, ampliando a vantagem aos 31 minutos.

Até o apito final do primeiro tempo, os paulistas controlavam o ritmo da partida e conseguiam neutralizar com facilidade as investidas da equipe goiana.

NINGUÉM PARA GUSTAVO SCARPA

Após o intervalo, o técnico Eduardo Souza promoveu duas alterações no Dragão: saíram Willan Maranhão e Ronald para as entradas de Marlon Freitas e Toró, respectivamente.

O Palmeiras diminuiu o ritmo, mas seguia sendo a equipe mais agressiva, já que o Atlético-GO não conseguia trabalhar no ataque. Aos 15 minutos, o VAR aconselhou o árbitro Daronco a ir no VAR verificar um possível toque de mão de Marlon Freitas.

Ele mudou a decisão e assinalou penalidade máxima. Gustavo Scarpa bateu no canto esquerdo de Fernando Miguel e converteu a cobrança.

GOLEADA NO ALLIANZ

Logo após o terceiro gol, Scarpa foi substituído, sob aplausos pela torcida, assim como Raphael Veiga. Para a vaga dos meias, entraram Patrick de Paula e Breno Lopes, respectivamente.

Nos últimos 15 minutos da partida, os visitantes aproveitaram que o Verdão recuou suas linhas para avançar no ataque, mas o Atlético-GO não conseguia criar boas chances. Quem conseguiu criar, aos 44 do segundo tempo, foi Dudu. O atacante achou bom passe para Breno Lopes sacramentar o placar.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 4 X 0 ATLÉTICO-GO
Data:
10 de Novembro de 2021, quarta-feira
Horário: 20h30 (horário de Brasília);
Local: Allianz Parque, em São Paulo-SP
Árbitro: Anderson Daronco - FIFA/RS
Assistentes: Rafael da Silva Alves - FIFA/RS e Michael Stanislau - RS
VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira - VAR-FIFA/RS, Alex dos Santos - SC e Paulo Jorge Alves - RJ
Público/renda: 19.165/ R$ 1.130.116,35
Cartões amarelos: Danilo (PAL); Éder, Janderson e Oliveira (ACG)
Cartões vermelhos: -
Gols: Raphael Veiga (13'/1ºT) (1-0); Rony (44'/1ºT) (2-0); Gustavo Scarpa (17'/2ºT) (3-0) e Breno Lopes (44'/2ºT) (4-0)

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha (Mayke, 24/2ºT), Luan (Renan, 31/2ºT), Kuscevic e Victor Luís; Danilo, Zé Rafael, Raphael Veiga (Breno Lopes, 19/2ºT) e Gustavo Scarpa (Patrick de Paula, 19/2ºT); Dudu e Rony (Luiz Adriano, 24/2ºT). Técnico: Abel Ferreira.

ATLÉTICO-GO: Fernando Miguel; Dudu (Arnaldo, 23/2ºT), Wanderson, Éder e Igor Cariús; Gabriel Baralhas, Willan Maranhão (Marlon Freitas, 1/2ºT) e João Paulo (Oliveira, 35/2ºT); Ronald (Toró, 1/2ºT), Zé Roberto (Montenegro, 29/2ºT) e Janderson. Técnico: Eduardo Souza

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos