No Castelão, Ceará sofre, mas vence o Sport pelo Brasileirão

·4 min de leitura


Na noite deste domingo (14), Ceará e Sport entraram em campo pela 32ª rodada do Brasileirão Série A 2021. Em casa, o Vozão saiu na frente com Vina, levou o empate de Mikael, mas conseguiu o triunfo de 2 a 1 com gol de Marlon. Com os três pontos somados, a equipe assumiu o 10° lugar. Enquanto isso, o Leão segue afundado na zona de rebaixamento.

Agora, as duas equipes voltam a campo no meio de semana, pela 33ª rodada do Brasileirão Série A 2021. Na quarta-feira (17), o Ceará faz o clássico contra o Fortaleza, na Arena Castelão, como visitante, às 21h30. Já na quinta-feira (18), o Sport recebe o Bahia, às 21h.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Sport chuta leva perigo, mas...
Os primeiros minutos mostraram equilíbrio entre os dois times em campo. Contudo, as principais chances foram do Sport. Mesmo fora de casa, o Leão obrigou João Ricardo a trabalhar em dois chutes de longe. Paulinho Moccelin tentou colocado, mas parou no arqueiro. Pouco depois, Zé Welison soltou a bomba, e o goleiro voou para evitar.

Sem conseguir chegar com grande perigo, o Ceará foi letal quando conseguiu criar uma oportunidade. Jael serviu Vina, que bateu rasteiro, no cantinho, sem chances para Mailson, abrindo o placar na Arena Castelão.

Leão tenta o empate
​Se já criava as principais chances até sofrer o gol, o Sport foi ainda mais incisivo quando o Ceará abaixou as suas linhas depois de marcar. Participativo, Mikael se apresentou como a principal arma dos visitantes.

Em uma jogada de bola ajeitada, Paulinho Moccelin teve a chance clara de empatar o duelo em Fortaleza, mas acabou pegando mal na bola e ficou apenas na lamentação.

Seguiu no quase
​O cenário da partida continuou o mesmo ao longo dos últimos 15 minutos do primeiro tempo. O Sport seguiu tentando de todas as formas, tanto pelo alto, quanto pelo chão.

Em lançamento na área, Sabino ganhou da defesa adversária e testou com perigo, fazendo a bola passar raspando a trave de João Ricardo. Pouco depois, o goleiro teve que cair para fazer a defesa em chute de Mikael, levando o 1 a 0 para os vestiários.

Finalmente, Mikael
​A volta para o segundo tempo continuou desenhando um panorama do que havia sido a primeira etapa. João Ricardo foi forçado a trabalhar duas vezes. Na primeira, Mikael tentou uma bicicleta. Já na segunda, o centroavante soltou a bomba para a defesa do goleiro.

A resposta do Ceará foi imediata. Mendoza arriscou chute de longe e viu a bola bater na trave. Mas, para infelicidade dos donos da casa, a sorte finalmente sorriu para Mikael. Em cruzamento na área, o atacante se antecipou a Messias, dominou e estufou as redes, deixando tudo igual aos 15 minutos.

Onde está a bola? Lá dentro
Depois do empate, o jogo ficou equilibrado, com o Ceará sendo mais participativo do que tinha sido em toda a sua duração. Vina e Mendoza levaram perigo, mas não tiveram o mesmo êxito que teve Marlon.

Aos 34 minutos, a bola ficou sobrando na área do Sport, com jogadores das duas equipes brigando para marcar de um lado e afastar do outro. Depois do bate e rebate, ela se ofereceu para Marlon, que bateu firme, no chão, recolocando o Vozão na frente.

Não deu...
​Com o resultado negativo complicando ainda mais a situação do Sport no campeonato, Gustavo Florentín lançou sua equipe para o 'tudo ou nada'. Enquanto isso, Tiago Nunes fechou seu time, visando conquistar os três pontos tão importantes.

Luciano Juba quase deixou tudo igual quando cabeceou com perigo para defesa de João Ricardo e a bola ainda bateu no travessão. Mais tarde, Cristiano tentou encontrar Tréllez, mas o centroavante não conseguiu completar. Do outro lado, Vina ainda acertou o travessão, fechando o jogo em 2 a 1.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ 2 X 1 SPORT
​​Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data/Horário: 14 de novembro de 2021 (domingo), às 19h
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO)
Gols: Vina (8'/1°T) (1-0), Mikael (15'/2°T) (1-1), Marlon (34'/2°T) (2-1)
Cartões amarelos: Jael (Ceará), Carlos Eduardo, Rafael Thyere (Sport)

CEARÁ: João Ricardo; Igor (Gabriel Dias, aos 20'/2°T), Luiz Otávio; Messias e Bruno Pacheco; Fabinho (William Oliveira, aos 20'/2°T), Marlon e Vina; Mendoza (Gabriel Lacerda, aos 39'/2°T), Jael (Cléber, aos 0'/2°T) e Lima (Rick, aos 10'/2°T). Técnico: Tiago Nunes.

SPORT: Mailson; Ewerthon, Rafael Thyere, Sabino e Sander; Zé Welison, Marcão e Hernanes (Cristiano, aos 36'/2°T); Éverton Felipe (Luciano Juba, aos 30'/2°T), Mikael e Paulinho Moccelin (Tréllez, aos 36'/2°T). Técnico: Gustavo Florentín.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos