No Bragantino, classificação na fase de grupos da Copinha é tratada como 'obrigação'

Técnico chegou no início do ano passado ao Massa Bruta (Divulgação/Red Bull Bragantino)


Equipe que está no Grupo 20 da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o Bragantino entra na competição com a responsabilidade de ser o time de maior investimento em sua chave. Ao lado do Massa Bruta, além do Lemense (time da cidade de Leme), estão o ABC e o Maringá.

Na avaliação feita pelo treinador do time do interior paulusta, Artur Itiro, é inegável a "obrigação" existente por parte do Braga em avançar para o mata-mata da principal competição de base do país.

>Comentarista sugere a mudança de nome do Santos em homenagem ao Rei Pelé

Outro ponto que foi abordado por Itiro se deu em razão da necessidade tanto de obter resultados dentro das quatro linhas como pensando no devido desenvolvimento de atletas. Sendo que, em sua análise, um ponto não pode ser dissociado do outro:

- São as duas vertentes do treinador de base: ele precisa entregar resultados e entregar atletas. O resultado, sem os atletas, não vai ser tão bem-vindo quanto o resultado com atletas. E vice-versa. Entregar atletas sem resultado, talvez também não seja tão bem visto, os atletas não sejam tão valorizados sem o resultado. A gente entende como pesos iguais. Resultados e revelação de atletas como pesos iguais.

- Com relação à primeira fase, a gente costuma dizer que, quando falamos de Red Bull Bragantino, temos que olhar para o investimento que é feito, para os jogadores que temos hoje e, pelos resultados que temos atingido, a gente já tem a obrigação de classificar. Obrigação de chegar o mais longe possível. Claro que não conseguimos cravar qual posição a gente pretende chegar e o quanto a gente pode, realmente, fazer. Mas precisamos entender e ir atrás das nossas obrigações - acrescentou.

O primeiro jogo do Bragantino na Copinha ocorre na quarta-feira (4), às 16h45 (de Brasília), contra o Lemense. A partida em questão ocorrerá no Estádio Bruno Lazzarini.