No 'Big Brother', Jardel relembra overdose durante a carreira: 'Ou morre ou se salva'

·1 min de leitura
Jardel em 2002, quando sofreu overdose enquanto defendia o Sporting (Foto: TIAGO PETINGA / AFP)


O ex-atacante Jardel, que está participando em Portugal no 'Big Brother' para Famosos conversou com outros confinados sobre a overdose de cocaína que teve em 2002, quando defendia o Sporting. Ele se mostrou arrependido pelas atitudes do passado e relatou a experiência de 'quase morte'.

- Em 2002, tive uma overdose e fiquei sete dias acordado, usando cocaína. Para vocês que me estão a ver, isso não é exemplo nenhum. Contratei mulheres, fiquei naquela vida achando que não ia acontecer nada comigo, que estava tudo bem - iniciou.

- Está sendo uma superação diária, porque não é fácil. Onde eu chego, me oferecem bebida, entre outras coisas. Estou sentindo, espiritualmente, que está na hora. Ou toma um rumo ou vai pra baixo. Ou morre ou se salva. Eu estou nessa luta - concluiu.

Jardel, que está na disputa desde o dia 2 de janeiro, virou assunto no Brasil por causa do reality pelo fato de a torcida do Porto ter alugado um avião para mandar uma mensagem de força ao ídolo do clube.

Outro fato curioso que acabou virando notícia em Portugal foi a atitude do ex-jogador de abaixar as calças e mostrar as partes íntimas para os colegas de confinamento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos