"Ninguém ganha da gente na força", garante Felipe Melo - Repercussão de Atletico Tucuman 1 x 1 Palmeiras

O Palmeiras não saiu com a vitória contra o Atlético Tucumán na estreia da Libertadores de 2017, mas por jogar boa parte da partida com um a menos, o time valorizou o empate em 1 a 1 conquistado fora de casa, nesta quarta-feira (8). Vitor Hugo foi expulso ainda no primeiro tempo. Enquanto Felipe Melo provocou os argentinos, o goleiro Fernando Prass valorizou o resultado e o capitão do Dudu demonstrou confiança para o restante da competição.

Veja as principais declarações pós-jogo:

FELIPE MELO (PALMEIRAS)
Felipe Melo Corinthians Palmeiras Paulista 22022017


(Foto: Palmeiras/Divulgação)

"Quando eu falei que eu ia dar tapa na cara, é isso daqui. Ninguém vai ganhar da gente na força. E esse empate com sabor de vitória vai para nosso amigo Vitão".

"Comemorei muito porque a última vez que joguei aqui na Argentina, a gente bateu de 3 a 1, com Verón e todo mundo e classificamos para a Copa do Mundo. Aqui é Brasil".

"Ele estava chateado, é um guerreiro. Mas Libertadores é isso aí. Na força ninguém vai ganhar da gente. A grama estava alta, estava difícil jogar futebol. Mas nos superamos com um a menos e vamos comemorar".

FERNANDO PRASS (PALMEIRAS)
Fernando Prass Santos Palmeias Paulista semifinal 24042016

(Foto: Palmeiras/Divulgação)

"Tivemos chances claras de gol, tivemos três, principalmente com o Borja. Eles também tiveram. Em termo de posse de bola, foi desequilibrado. Em chance de gol, igual. Não sei a dor preocupa. Aquela trombada ali pegou o cotovelo. Não acho que será nada não".

OUTROS JOGADORES

Eduardo Baptista (Palmeiras): "Eu acho que se a gente tivesse ficado com 11 teríamos melhores condições, visto que com um a menos a gente criou chance do mesmo jeito. Mas o mais importante é que a equipe entendeu o espírito, comprou a forma de jogar da Libertadores, sendo viril, mesmo com uma torcida bem forte em cima da gente".

Dudu (Palmeiras): "Mesmo a gente com um a menos, tivemos as chances para o Miguel (Borja) fazer os gols. Infelizmente, nós não fizemos", lamentou Dudu, "Um jogador a menos, difícil. Agora temos que fazer o mando nos dois jogos em casa."Um jogador a menos, difícil. Agora temos que fazer o mando nos dois jogos em casa".