Nikita Mazepin culpa "cultura do cancelamento" por demissão na Haas

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Nikita Mazepin foi piloto da Haas durante uma temporada e não marcou pontos. Foto: Hasan Bratic/DeFodi Images via Getty Images
Nikita Mazepin foi piloto da Haas durante uma temporada e não marcou pontos. Foto: Hasan Bratic/DeFodi Images via Getty Images

O ex-piloto da Haas Nikita Mazepin culpou a 'cultura do cancelamento' por sua demissão pela equipe de Fórmula 1 às vésperas da temporada 2022.

O chefe da Haas, Gunther Steiner, demitiu o russo de 23 anos poucos dias antes de ele e seu pai, o oligarca e aliado de Vladimir Putin, Dmitry, serem sancionados pela União Europeia após a invasão da Ucrânia.

Leia também:

Em entrevista à emissora britânica BBC, Mazepin insistiu que punir atletas russos é errado.

“Não concordo com as sanções. Já disse antes que concordo em lutar contra isso. Talvez agora não seja o momento certo. Se você olhar para toda a situação que está acontecendo contra os atletas no caso geral, é uma cultura de cancelamento contra o meu país”, desabafou.

Mazepin disse que foi "doloroso" ver os eventos na Ucrânia, mas não chegou a condenar a Rússia ou chamar de guerra.

“Eu vivo no mesmo mundo que você, mas é muito doloroso ver isso [a guerra] em muitos níveis. Meus sentimentos, eles obviamente mudaram como ser humano e como pessoa que quer viver em um mundo pacífico. Mas vou ser honesto com você, vejo enormes riscos em dizer qualquer coisa sobre este caso, porque nunca vou satisfazer a todos. E, portanto, vou me manter publicamente calado”, comentou.

A Haas também cortou relações com a empresa russa de fertilizantes Uralkali, de propriedade de Dmitry.

Mazepin passou apenas uma temporada na Haas, não somando pontos e terminando em último lugar no campeonato mundial. Ele foi substituído pelo dinamarquês Kevin Magnussen, que já soma 12 pontos depois de apenas duas corridas e está em oitavo lugar geral.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos