Nikão quer o Furacão fazendo a diferença em casa na Libertadores

O Atlético Paranaense abre a participação brasileira na fase de grupos da Liberadores da América 2017, nesta terça-feira, diante da Universidad Católica, do Chile, na Arena da Baixada, e deve ter força máxima, a exceção de Grafite, suspenso. O atacante Nikão prevê uma equipe mais solta, entrosada, já que na fase preliminar ainda estava iniciando seus trabalhos na temporada.

“Nestes quatro jogos que tivemos, o ritmo não era o mesmo. Tecnicamente e taticamente. Já tivemos que entrar em duas decisões. Isso conta muito”, analisou o jogador, que vê como imprescindível um bom resultado em casa para obter sucesso na competição. “Creio que na Libertadores nenhum jogo é fácil. Todos os times têm muita qualidade. Acredito que as partidas em casa farão muita diferença para aqueles que conseguirem somar pontos”, emendou.

Nikão, que foi poupado durante a semana para passar por uma microcirurgia, chegou a ser colocado como dúvida pelo técnico Paulo Autuori, mas garante que está pronto e à disposição para o jogo diante dos chilenos. “Por precaução, tive que ficar fora dos primeiros treinos, mas nada que preocupe”, concluiu.