Nice condena cantos insultantes contra a memória de Emiliano Sala

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Um retrato de Emiliano Sala exibido em Nantes (AFP/LOIC VENANCE) (LOIC VENANCE)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Nice condenou veementemente nesta quarta-feira cantos insultantes de seus torcedores para Emiliano Sala, o atacante argentino do Nantes que morreu em um acidente de avião em 2019, quando viajava ao País de Gales para assinar com seu novo time.

"O OGC Nice condena com a maior firmeza o cântico sobre Emiliano Sala ouvido nesta quarta-feira na Allianz Riviera", declarou o clube do sul da França em um comunicado, após a vitória do Nice por 4 a 2 sobre o Saint-Etienne no final da partida da 36ª rodada da Ligue 1.

"O clube não reconhece seus valores nem os de toda a família rubro-negra nesta provocação impensável e abjeta de uma minoria de seus torcedores", continuou o time francês, prestando seu "apoio à família e às pessoas próximas a Emiliano Sala".

Emiliano Sala, de 28 anos, morreu no início de 2019 quando estava a bordo de um avião particular com destino ao País de Gales (Reino Unido), após assinar pelo Cardiff. O pequeno avião em que o jogador viajava caiu no Canal da Mancha em 21 de janeiro de 2019, sob condições climáticas adversas.

Por volta dos 9 minutos de jogo, foi possível ouvir: "É um argentino que não sabe nadar bem... Emiliano debaixo d'água...".

Um canto ofensivo para os torcedores do Nantes, clube que derrotou o Nice no sábado na final da Copa da França (1-0) no Stade de France, em Saint-Denis.

ol/bde/iga/mcd/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos