NFL: dominantes, Bengals batem Bills e vão pegar Chiefs na final da Conferência Americana

Quarterback Joe Burrow liderou Cincinnati Bengals na vitória sobre o Buffalo Bills - Foto: (Reprodução NFL)


Mesmo atuando fora de casa e debaixo de muita neve, o Cincinnati Bengals dominou o confronto contra o Buffalo Bills e venceu o rival por 27 a 10, na tarde deste domingo (22/1), no Highmark Stadium. Com o resultado, os Bengals vão enfrentar o Kansas City Chiefs na final da Conferência Americana da NFL.

Na temporada regular, a partida entre os dois times foi suspensa após a safety Damar Hamlin, do Buffalo Bills, sofrer uma parada cardíaca e deixar o estádio de ambulância ainda no primeiro quarto do confronto. O jogador ficou sedado por três dias e teve uma verdadeira batalha pela vida. Naquela ocasião, a partida foi paralisada com o placar de 7 a 3 para os Bengals.

Neste domingo (22/1), Damar Hamlin esteve no estádio e acompanhou a partida do camarote ao lado da sua família.


O jogo
O Cincinnati Bengals começou com tudo e abriu o placar após passe de 28 jardas do quarterback Joe Burrow para o wide receiver Ja'Marr Anthony Chase. A defesa do time visitante segurou o ataque do Buffalo Bills e na sequência ampliou o placar. Burrow fez um passe de 15 jardas para o tight end Hayden Hurst anotar o segundo TD dos Bengals na partida.

No segundo quarto, o time da casa esboçou uma reação após um TD corrido do quarterback Josh Allen, que avançou uma jarda para entrar na end zone. Mas os Bengals conseguiram uma bela campanha e, após 16 jogadas, conseguiram colocar o kicker Evan McPherson em ótima posição para o chute. O jogador converteu o tiro de 28 jardas e ampliou o placar para 17 a 7. O time de Cincinnati levou bela vantagem para os vestiários.

Na volta do intervalo, após uma campanha de mais de sete minutos no campo de defesa do adversário, o kicker Tyler Bass acertou um field goal de 25 jardas para os donos da casa tirarem um pouco a desvantagem. Mas durou pouco a chance de reação. O running back Joe Mixon entrou na end zone após uma corrida de uma jarda. A pontuação foi confirmada após um pedido de revisão dos Bengals, já que a decisão de campo não havia confirmado o touchdown.

No último período, o Cincinnati Bengals chegou a três posses de bola de vantagem com um field goal de 20 jardas e convertido por Evan McPherson. Depois, o time da casa ainda tentou cortar a diferença, apostou em uma quarta descida - sem sucesso, mas a defesa dos Bengals estava muito bem postada e conseguiu superar o ataque adversário.