NFL confirma cancelamento do jogo entre Buffalo Bills e Cincinnati Bengals

Foto: DYLAN BUELL / AFP - Partida foi marcada por lesão gravíssima de jogador do Buffalo Bills


A NFL divulgou nota oficial confirmando o cancelamento da partida entre Cincinnati Bengals e Buffalo Bills, que foi suspenso ainda no primeiro período, na última segunda-feira (2/1), após a gravíssima lesão do safety Damar Hamlin. A Liga já havia anunciado e que não pretendia dar continuidade ao jogo nesta semana, mas que manteria o calendário da última temporada da temporada regular nos dias 7 e 8 de janeiro.

O comissário da NFL, Roger Goodell, informou todas as franquias da Liga após conversas com os Bills, os Bengals e as lideranças da Associação de Jogadores da NFL", diz o comunicado.

Segundo o documento, a decisão foi tomada porque "não jogar a partida não teria efeito direto em quais times vão ou não aos playoffs na temporada", "jogar o jogo significaria adiar os playoffs em uma semana, prejudicando as 14 franquias envolvidas" e "a decisão deveria ser tomada antes da semana 18 para ser consistente com os princípios e faz com que todas as franquias saibam o que é preciso para ir aos playoffs antes do fim da temporada".

Uma das possibilidades sugerida no comunicado da NFL é que a final da Conferência Americana (AFC) seja jogada em campo neutro, caso Bills ou Bengals estejam na decisão e enfrentem o Kansas City Chiefs, que terminará a temporada com um jogo a mais.

A nota assinada pelo comissário Roger Goodell afirma uma reunião especial entre os donos das franquias acontecerá nesta sexta-feira (6) para confirmar que isso ocorrerá de fato. Não haverá mudanças também nos playoffs da NFC.

Lesão grave de Damar Hamlin
Nessa quinta-feira (5/1), os médicos Timothy Pritts e William Knight, da Universidade de Cincinnati, que estão acompanhando o jogador da NFL Damar Hamlin, concederam entrevista coletiva. Eles revelaram que a primeira ação do safety do Buffalo Bills ao recobrar a consciência foi questionar se o time havia conquistado a vitória na última segunda feira (2/1). A partida contra o Cincinnati Bengals foi suspensa após a grave lesão do defensor ainda no primeiro quarto.

- Ele foi capaz de reagir a comandos, a responder perguntas e até perguntou quem ganhou o jogo – disse o médico Timothy Pritts.

Na última segunda-feira, Hamlin, de 24 anos, desmaiou ao receber uma forte pancada no peito após fazer um tackle no wide receiver wide receiver Tee Higgins, se levantar e cair desacordado. O jogador recebeu reanimação cardiopulmonar (RCP) ainda no gramado do Paycor Stadium. O safety foi levado às pressas para o hospital.

A lesão aconteceu ainda no primeiro quarto, com pouco mais de cinco minutos para o fim, quando a partida estava 7 a 3 para o Cincinnati Bengals.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.