Jovem atleta da NFL mata a namorada e comete suicídio

Editor
Yahoo! Esportes
Jovan Belcher tinha somente 25 anos e estava no segundo ano como titular da equipe do Kansas City Chiefs.
Jovan Belcher tinha somente 25 anos e estava no segundo ano como titular da equipe do Kansas City Chiefs.

O jogador defensivo do Kansas City Chiefs, Jovan Belcher assassinou a namorada e foi até o centro de treinamento da equipe para cometer suícidio, neste sábado (1) pela manhã, segundo o porta voz da polícia de Kansas City, Darin Snapp.

O tiro fatal aconteceu por volta das 8h10 da manhã nas instalações da equipe, próximo do Estádio Arrowhead, afirmou o supervisor de comunicação da polícia Kathy Childs.

Belcher matou a namorada de 22 anos próximo a residência dela antes de ir até a instalção de treinos da equipe se matar, afirmou Snapp ao jornalista Albert Breer, do site da NFL. A polícia divulgou o nome da garota: Kasandra Perkins. Além de confirmar que ela e o jogador tinham um filho de 3 meses.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Por volta das 7h50 da manhã, recebemos uma ligação, reportando tiros, no número 5400 na Avenida Crysler”, disse Snapp pelo telefone. “Nós chegamos lá e uma mulher nos informou que a filha havia sido baleada pelo namorado. A jovem foi levada ao hospital, mas morreu pouco tempo depois”.

“Por volta das 8h10 da manhã, nós recebemos uma ligação próxima a região do estádio dos Chiefs, informando que um homem negro entrou armado no estacionamento. A descrição batia perfeitamente com o suspeito do assassinato”, continuou Snapp. “Policiais chegaram, viram o homem negro com a arma na cabeça e alguns funcionários dos Chiefs em volta. Quando os policiais deixaram o carro, ouviram um tiro. Ele acertou um tiro em si, foi transportado para o hospital local, onde foi considerado morto”.

De acordo com Snapp, o diretor dos Chiefs Scott Pioli, o treinador Romeo Crennel e outro funcionário não indentificado do staff conversaram com Belcher antes dele ele atirar em si, segundo Breer e Ian Rapoport, repórteres do NFL.com. Snapp disse que Pioli e Crennel ‘nunca se sentiram em perigo’, já que Belcher agradeceu tudo o que a equipe havia feito por ele. Quando os policiais chegaram ao local, o jogador andou para a direção oposta e atirou em si, afirmou Snapp.

Os Chiefs soltaram um comunicado sobre o acontecimento:

“Nós confirmamos o que aconteceu nas proximidades do estádio Arrowhead nesta manhã. Nós vamos coperar com as autoridades nas investigações”.

Belcher, 25 anos, cresceu em Long Island, Nova Iorque, e jogou pela universidade de Maine. Lá, foi nomeado para a equipe de melhores jogadores da NCAAF (Liga americana de futebol americano universitário, em inglês). Depois de não ser draftado em 2009, assinou com os Chiefs como free agent. Desde o ano passado virou titular da equipe.

Leia também