Neymar teria feito ultimato: "Quero Barcelona sim ou sim"

Goal.com

O retorno de Neymar à Catalunha segue ganhando novos capítulos. Mesmo com a crise financeira causada pelo novo coronavírus e com o interesse do Barcelona em Lautaro Martínez, o clube segue de olho na volta do craque brasileiro e, ao que parece, essa também é a vontade do jogador.

"Quero Barcelona sim ou sim", teria dito Neymar, segundo o jornal espanhol Mundo Deportivo. A declaração teria sido dada pelo brasileiro a alguns de seus companheiros mais próximos do PSG, com os quais teria mantido contato ao longo dos quase três meses de quarentena, de acordo com as informações.

Na última janela de transferências, entre 2019 e 2020, o Barcelona tentou uma forte investida por Neymar, mas os clubes não chegaram a um acordo, mesmo com a bela proposta apresentada pelos espanhóis, que girou em torno de 130 milhões de euros mais a transferência de alguns jogadores. Ivan Rakitic, Ousmane Dembele e Todibo foram alguns dos nomes envolvidos.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

A partir do final desta temporada, Neymar terá apenas mais dois anos de contrato com o Paris, o que permite a Fifa estabelecer um preço para a contratação do brasileiro, com base nos salários restantes até o final de seu contrato e no valor inicial gasto com sua contratação. Wagner Ribeiro, ex-assessor do atleta, disse em abril que esse valor giraria em torno de 164 milhões de euros.

A grande questão é que a situação econômica atual não facilita em nada a negociação. O Barcelona estuda algumas maneiras de reduzir a folha salarial da equipe e o interesse na contratação de Lautaro Martínez deve fazer o clube desembolsar uma alta quantia.

Enquanto o mercado não reabre, Neymar se prepara esperando o retorno da Champions League. O PSG já está classificado para as quartas de final e espera a conclusão das oitavas para conhecer seu adversário. Certamente o título da Liga dos Campeões pode facilitar a transferência do brasileiro.

Vale ressaltar que essa é a única competição que ainda resta ao Paris nesta temporada, visto que a Ligue 1 foi encerrada antecipadamente após a pandemia do novo coronavírus. 

O Barcelona, por outro lado, se prepara para para o retorno de La Liga, que acontece a partir do dia 11 de maio. O primeiro jogo da equipe de Messi e cia. será no sábado (13), contra o Mallorca.

Leia também