Neymar revela papo com Messi antes de pênalti contra PSG

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Na vitória heroica do Barcelona contra o PSG por 6 a 1, Neymar tornou-se o destaque no fim da partida ao fazer o quarto gol, de falta, o quinto, de pênalti, e depois dar a assistência para Sergi Roberto marcar o gol da classificação.

Messi é o batedor oficial de pênaltis do Barça -inclusive fez um gol deste jeito no jogo-, mas deixou o brasileiro bater. Em entrevista ao "Esporte Espetacular", da TV Globo, Neymar contou o que conversou com o argentino ao tentar entregá-lo a bola.

"Foi um momento do jogo onde eu peguei a bola para entregar para ele e ele falou: 'Vai você' . A gente tem uma amizade muito boa. Quando o outro está bem no jogo não existe ciúme de querer fazer gol da vitória ou fazer gol. Foi ali na base da conversa e amizade o que aconteceu naquele momento", disse o brasileiro.

Neymar, que teve sua atuação muito exaltada após a partida, prefere não se empolgar.

"Tenho muito para crescer. Minha vida sempre foi assim. Tenho que matar um leão por dia. O que faço nunca está bom para muita gente. Não me empolgo e não fico eufórico com o que dizem porque futebol é uma caixinha de surpresa muito rápida", disse.

O atacante falou também sobre o momento da seleção, que está há sete jogos invicta sob o comando de Tite.

"A nossa confiança subiu muito com o Tite. Ele tem os seus méritos. Tínhamos um time muito bom e a gente não se encaixava. Conseguimos colocar o DNA brasileiro e isso ajudou bastante a nossa equipe", explicou.