Neymar: o amadurecimento do craque

Neymar em ação pelo Brasil. Foto: Gustavo Granata/AGIF

Na vitória sobre o Granada por 4 a 1, neste domingo, jogo válido pela 29a. rodada do Campeonato Espanhol, Neymar fez seu gol número 100 com a camisa do Barcelona. A marca, importante, agrega mais valor ao ótimo momento que o jogador vive nos meses recentes.

Campeão Olímpico pelo Brasil em agosto de 2016 fazendo o gol decisivo em uma conquista inédita para o futebol nacional, Neymar tem colecionado ótimas e brilhantes atuações pelo clube espanhol e também pela Seleção Brasileira comandada por Tite. O técnico é outro que quando pode aponta o atacante, seu único craque, como futuro melhor do mundo e fundamental na campanha das Eliminatórias que já classificou o time para a Copa da Rússia em 2018.

Coincidência ou não, Neymar passou a atuar melhor quando optou por ficar ausente do contato com a imprensa – foram sete meses. Por si só essa decisão mostra amadurecimento. Qualquer declaração era motivo de polêmica, tanto pelo conteúdo ou pela má interpretação de parte da imprensa. Ficar distante foi um ótimo negócio.

Aos 25 anos, com mais de 300 tentos na carreira – mais do que Cristiano Ronaldo e Messi nessa idade – o atacante também tem se mostrado maduro em campo e o recorde de assistências para gols na temporada é outra prova deste momento. Ainda assim, não deixou de balançar as redes e ser protagonista.

Em breve, propostas milionárias de times ingleses pelos seus direitos econômicos serão colocadas na mesa, notadamente Chelsea e Manchester United. É a chance de Neymar ganhar o maior salário do mundo ou pelo menos renegociar seu compromisso atual com o Barcelona.

Leia também