Neymar na liderança da corrida pela Bola de Ouro 2017?

Goal.com

Depois de mais uma grande atuação de Neymar com a camisa da Seleção Brasileira é impossível não pensar na Bola de Ouro. Será que, enfim, o brasileiro terminará com o reinado de Cristiano Ronaldo e Messi e conquistará o título de melhor do mundo no final do ano?

A evolução do camisa 10 é cada vez mais visível, a conquista da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio foi o empurrão que faltava para que Neymar amadurecesse. Com uma grande responsabilidade nas costas ele conduziu um jovem e talentoso grupo ao único título que faltava à Seleção pentacampeã do mundo. 

A chegada do técnico Tite também foi importante para que o jogador desse um passo além na sua carreira. O treinador tirou o peso das costas de Neymar dividindo as responsabilidades com o grupo e permitindo que o atacante tivesse mais liberdade na equipe para colocar o melhor do seu futebol a serviço da Canarinho.

Gabriel Jesus e Neymar - Brasil x Alemanha 2008
Gabriel Jesus e Neymar - Brasil x Alemanha 2008


(Foto: Pedro Martins / MoWa Press / Divulgação)

O bom momento se refletiu no Barcelona, apesar de ter começado o ano com poucos gols pelo time catalão, o brasileiro se viu mais coletivo e mais solidário com os companheiros. Outro ponto importante para Neymar que apesar do talento individual sabe e consegue jogar para o time não só na Seleção como também no clube.

No momento mais importante do Barcelona até aqui na temporada quem assumiu o protagonismo foi Neymar, ele foi o grande responsável pela histórica virada em cima do PSG, no Camp Nou. Com personalidade chamou a responsabilidade, colocou a bola onde a coruja dorme, bateu o pênalti decisivo e ainda deu uma assistência açucarada para Sergi Roberto sacramentar o "milagre". Foi a primeira vez que Neymar simplesmente ignorou Messi dentro de campo e foi o dono do Barcelona em um grande jogo.

Neymar Barcelona PSG Champions League 08 03 2017
Neymar Barcelona PSG Champions League 08 03 2017


(Foto: Getty Images)

Antes disso, o brasileiro havia enfrentando o argentino pelas Eliminatórias, em novembro do ano passado. No duelo entre os dois quem levou a melhor foi o brasileiro. Em uma noite inspirada driblou, brincou, fez um golaço e com autoridade ajudou o Brasil a vencer a Argentina por 3 a 0 num Mineirão lotado. Era a primeira vez que a Seleção volta naquele palco após os 7 a 1. Tudo conduzido de forma brilhante e madura pelo camisa 10.

Enquanto isso, Cristiano Ronaldo não vive o melhor momento de sua carreira. O Gajo que teve um 2016 brilhante se vê mais "humano" na briga pela artilharia no futebol mundial. Acostumado a fazer quase quarenta gols por temporada, o jogador do Real Madrid soma 13 tentos no ano contra 10 do brasileiro. Números que animam Neymar na corrida pela Bola de Ouro.

Neymar Brasil Paraguai Eliminatorias 2018 28032017
Neymar Brasil Paraguai Eliminatorias 2018 28032017


(Foto: MIGUEL SCHINCARIOL/AFP/Getty Images)

Na comparação entre Neymar, Messi e Cristiano Ronaldo no mês de março, o brasileiro soma seis jogos, seis gols e cinco assistências contra seis jogos, sete gols e três assistências de Lionel Messi. Por sua vez, CR7 soma os mesmos seis jogos com seis gols e duas assistências.

Com os campeonatos na Europa chegando em sua reta final e tanto Real Madrid quanto Barcelona fortes na briga pelo Espanhol e pela Champions League, Neymar terá a chance de desbancar a dupla que dominou o prêmio nos últimos dez anos. 

Cristiano Ronaldo, Lionel Messi & 20 Pemain Bergaji Tertinggi Di Dunia 2017
Cristiano Ronaldo, Lionel Messi & 20 Pemain Bergaji Tertinggi Di Dunia 2017

Um fator que pode pesar a favor do brasileiro é que Messi pegou uma suspensão de quatro jogos e perderá confrontos decisivos da seleção argentina. Já Cristiano terá ao seu lado a Copa das Confederações que será disputada em junho como mais uma oportunidade de brilhar e impressionar aqueles que votarão ao final do ano.

No mais, Neymar, o principal jogador da primeira seleção classificada para a Copa do Mundo da Rússia e a que vem apresentando o melhor futebol no momento tem totais condições de, ao final do ano quem sabe, ser eleito o melhor jogador do mundo pela primeira vez.

Leia também