Neymar ganha apoio após lesão e diz que vai 'voltar logo'

LUSAIL, QATAR, 24.11.2022 - - Partida entre Brasil Sérvia, válida pela estreia das seleções na fase de grupos da Copa do Mundo 2022, realizada no Lusail Stadium, no Qatar, nesta quinta. (Foto: Gabriela Biló/Folhapress)
LUSAIL, QATAR, 24.11.2022 - - Partida entre Brasil Sérvia, válida pela estreia das seleções na fase de grupos da Copa do Mundo 2022, realizada no Lusail Stadium, no Qatar, nesta quinta. (Foto: Gabriela Biló/Folhapress)

DOHA, QATAR (FOLHAPRESS) Em tratamento desde que foi substituído por lesão na vitória do Brasil sobre a Sérvia, na quinta-feira (24), Neymar ainda não concedeu entrevistas. A pessoas próximas, porém, demonstrou confiança de que voltará a jogar -e em alto nível- nesta edição da Copa do Mundo.

De acordo com aqueles em seu entorno, o atacante "está bem". Feliz com o círculo de apoio formado a seu redor, tem dito que vai "voltar logo". A ideia é que esteja em campo nas oitavas de final, daqui a dez dias.

O atleta de 30 anos sofreu uma entorse no tornozelo direito na estreia da seleção no Qatar. Levou entrada do zagueiro Milenkovic, aos 22 minutos do segundo tempo, tentou permanecer em campo e acabou sendo sacado aos 34.

Exames de imagem realizados nesta sexta (25) apontaram "lesão ligamentar lateral". Também foi observado um edema ósseo. Assim, a presença do camisa 10 já foi descartada nas partidas contra a Suíça, na próxima segunda (28), e contra Camarões, na sexta (2).

"Nada na minha vida foi dado ou fácil. Sempre tive que correr atrás dos meus sonhos e das minhas metas. Jamais desejando o mal de alguém, mas, sim, ajudando quem precisava", publicou Neymar no Instagram, lamentando "um dos momentos mais difíceis da carreira" e a lesão "chata".

"Vai doer, mas tenho certeza de que vou ter a chance de voltar porque farei o possível para ajudar meu país, meus companheiros e a mim mesmo. Muito tempo de espera para o inimigo me derrubar assim? Jamais! Sou filho do Deus do impossível, e minha fé é interminável", escreveu.

O jogador finalizou a publicação fazendo uma declaração sentimental. "O orgulho e o amor que sinto de vestir a camisa não tem explicação. Se Deus me desse a oportunidade de escolher um país para nascer, ele seria o Brasil."