Neymar faz tratamento intenso e usa tecnologia para estar 100%

Neymar se machuca no jogo contra a Sérvia. Foto: Markus Gilliar - GES Sportfoto/Getty Images
Neymar se machuca no jogo contra a Sérvia. Foto: Markus Gilliar - GES Sportfoto/Getty Images

O atacante Neymar contundiu-se na vitória do Brasil por 2 a 0 em cima da Sérvia na rodada de abertura do Grupo G da Copa do Mundo e desde ali o seu desfalque tornou-se preocupação para os fãs e equipe brasileira. De olho no “mata-mata” do Mundial, o camisa 10 do Brasil faz tratamento intensivo e utiliza tecnologia para estar 100%.

Danilo também acompanha Neymar no departamento médico, que é outro que encontra-se com lesão no tornozelo e cumpre com a "fisioterapia convencional". Eletroterapia e crioterapia são os métodos considerados modernos e aplicados pela comissão da CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

Leia também:

A crioterapia sempre esteve presente no futebol, foi feita por equipamento de ponta, que diminui a temperatura do local com precisão do que a velha conhecida aplicação de gelo. O objetivo é ajudar a conter a inflamação o mais rápido possível. Já a eletroterapia é baseada no uso de correntes elétricas para reabilitação, com estímulo muscular.

A CBF firmou parceria com a Avanutri para o trabalho de crioterapia. A Avanutri é reconhecida na América do Sul, ou seja, detém vínculo também com a Seleção do Uruguai com o conceito de “Cryo Sport”, que aposta junção da crioterapia com compressoterapia.

"Nos casos do Neymar e do Danilo, o equipamento é utilizado para redução de edema, já que faz uma compressão contínua, prática amplamente utilizada em clubes brasileiros e no exterior também, trazendo excelentes resultados na recuperação de atletas. Como é possível regular a compressão de acordo com a dor de cada atleta, o equipamento gera bastante conforto no tratamento", explicou Alexandre Barbosa, fisioterapeuta coordenador do Vasco e membro da Avanutri, em entrevista para o portal UOL.

CONDIÇÃO ATUAL

Questionado sobre estado clínico de Neymar e Danilo, o médico da Seleção Brasileira, Rodrigo Lasmar, atualizou em entrevista para CBF TV. “Danilo e Neymar e continuam no processo de recuperação das suas lesões no tornozelo, cada um com uma abordagem diferente, pois são lesões diferentes. Isso é importante salientar. O Neymar apresentou um episódio de febre que já está controlado e isso não interfere no seu processo de recuperação do tornozelo. Na nossa reunião diária com a comissão técnica, nós passamos que esses três atletas não estarão disponíveis para o nosso próximo jogo contra Camarões”, disse.