'Neymar faz mal o papel de representante do futebol brasileiro', diz jornalista

Neymar se lesionou contra a Sérvia, na estreia da Copa do Mundo (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)


Craque da Seleção Brasileira, Neymar se lesionou na última quinta, contra a Sérvia, e não joga contra a Suíça, na segunda rodada da Copa do Mundo. O jornalista Marcos Uchôa, ex-Globo, usou as redes sociais para fazer uma análise da carreira do jogador.

+ Gilberto Gil é hostilizado por brasileiros durante a Copa do Mundo no Qatar

- Neymar é responsável pela imagem dele. Aos 30 anos tem uma longa sequência de comportamentos que fizeram com que se tornasse alvo de pancadas dentro de campo e críticas do lado de fora. E estou falando apenas de futebol - começou Uchôa.

- Ele é o principal representante do nosso futebol. E faz mal esse papel. Ao contrário dos Ronaldos e claro, do Pelé, que são amados pelo mundo, Neymar é apenas admirado. Tempos diferentes, cultura de celebridade e ostentação em parte. É uma pena. Bola ele joga demais - emendou.

+ Casagrande rebate Raphinha após críticas do atacante: 'Talvez você também não mereça ser brasileiro'

Neymar sofreu uma lesão no tornozelo, assim como Danilo, e vive expectativa para voltar a defender a Seleção na próxima sexta-feira, contra Camarões. O Brasil venceu os sérvios na estreia por 2 a 0, e encara os suíços, nesta segunda-feira, às 13h.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.