Neymar e Mbappé são indiscutíveis, mas não dá para jogarem todas', diz Di María

Goal.com

Com uma equipe recheada de craques e estrelas, o PSG está classificado para as quartas de final da Champions League, e busca o seu título inédito na competição após eliminar o Borussia Dortmund, com grande atuação de Neymar.

No entanto, apesar da equipe ser reconhecida mundialmente por seu grande elenco, que conta com Neymar e Mbappé na linha de frente, Di María, em entrevista ao jornal L'Equipe, alertou que os jogadores não podem atuar em todas as partidas.

"Você tem dois jogadores indiscutíveis em cada partida, Mbappé e Neymar, mas eles não podem jogar tudo. Assim, o treinador consegue fazer com que todos se sintam envolvidos. Às vezes, alguns ficam felizes, outros não, é normal. Mas ele deu a cada um de nós a oportunidade de nos mostrarmos”, disse.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O argentino, que está próximo de encerrar a sua quinta temporada no PSG, quase viu a sua passagem ser encerrada após a chegada de Neymar e o interesse do Barcelona.

"Fiquei muito feliz em Paris. Mas as pessoas do clube na época me disseram algumas coisas, que acabaram sendo mentiras no final. Os dois clubes discutiram, mas o PSG não quis me vender e acabou. Essas mentiras me incomodaram muito, mas no final foi bom, porque estou muito feliz em Paris”, destacou.

Com contrato até junho de 2021, o argentino de 32 anos ainda revelou que deseja encerrar a sua carreira na Europa com a camisa do PSG.

"Quero terminar a minha carreira na Europa com o PSG, é a única coisa que desejo e que tenho em mente. Eu sou feliz aqui, minha família também. Quanto ao resto, não sei por enquanto. Nenhuma discussão foi iniciada e essa não é minha intenção no momento. Quero me concentrar no campo, o resto virá mais depois", concluiu.

Com a paralisação do futebol devido à pandemia do coronavírus, o PSG foi declarado campeão da Ligue 1 no final de abril, uma vez que tinha 12 pontos de vantagem sobre o Marselha , no momento da paragem do campeonato.

Leia também