Brasil derrota o Peru e segue 100% nas Eliminatórias da Copa do Mundo

·4 minuto de leitura
Brazil's Everton Ribeiro (L) celebrates with Brazil's Neymar after scoring against Peru during the South American qualification football match for the FIFA World Cup Qatar 2022 at the Pernambuco Arena in Recife, Brazil, on September 9, 2021. (Photo by NELSON ALMEIDA / AFP) (Photo by NELSON ALMEIDA/AFP via Getty Images)
Brazil's Everton Ribeiro (L) celebrates with Brazil's Neymar after scoring against Peru during the South American qualification football match for the FIFA World Cup Qatar 2022 at the Pernambuco Arena in Recife, Brazil, on September 9, 2021. (Photo by NELSON ALMEIDA / AFP) (Photo by NELSON ALMEIDA/AFP via Getty Images)

A Seleção Brasileira comprovou que pode mostrar criatividade em campo. Com gols de Everton Ribeiro e Neymar, a equipe derrotou o Peru por 2 a 0 nesta quinta-feira (9), em jogo válido pela décima rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo. e chegou a 24 pontos em oito jogos. Já a "Blanquirroja" está com oito pontos em nove jogos. 

A equipe de Tite volta a campo em outubro, quando encara a Venezuela no dia 7.

Leia também:

COM SEDE DE GOLS

A mudança de formação tornou a Seleção Brasileira mais incisiva incisiva desde o primeiro minuto. Neymar alçou e Alex Sandro surgiu livre na área para desviar de Gallese. Após o chute de Gabigol ser travado pela zaga, Gerson chegou a mandar para a rede, mas o árbitro anulou a jogada por falta do lateral brasileiro no goleiro adversário. Em seguida, Gerson aproveitou novo clarão do lado direito da "Blanquirroja", avançou até a área e encheu o pé, mas a bola explodiu no camisa 1.

NEYMAR COM FÔLEGO E EVERTON RIBEIRO COM TUDO

Escalado mais à frente, Neymar era bastante participativo e tentava jogadas também com Lucas Paquetá e Everton Ribeiro. Até, aos 13 minutos, o Brasil encontrar a brecha para abrir o placar. O camisa 10 desarmou Santamaría, atravessou como quis pela esquerda e cruzou. A bola passou por Gabigol mas achou Everton Ribeiro, que fulminou para a rede.

Mesmo em vantagem, a equipe de Tite continuou em frente e tentou investidas com Gabigol e Paquetá. Após cobrança de escanteio, Éder Militão caiu na área e queixou-se de pênalti em puxão de camisa, só que o árbitro mandou o jogo prosseguir. Já o Peru depositava suas fichas em Carrillo, que fazia Alex Sandro se desdobrar, e via seus jogadores fazerem rodízio de faltas em Neymar.

Mais segura em campo, a Seleção Brasileira ampliou. Em jogada iniciada por Everton Ribeiro, Gabigol recebeu de Danilo e cruzou, mas a zaga cortou. Everton Ribeiro veio de trás e sua conclusão desviou em Santamaría, só que a bola sobrou limpa para Neymar estufar a rede e celebrar. Foi o 12º gol do camisa 10, recordista nas Eliminatórias da Copa do Mundo.

SELEÇÃO OSCILA E PERU TEM OPORTUNIDADES

Logo na volta do intervalo, Gerson esticou a Gabigol, que mandou para fora. Porém, por mais que o atacante buscasse tabelas com Paquetá e Neymar, o Brasil se atrapalhava ofensivamente. Gabigol esbarrava em ansiedades, enquanto Everton Ribeiro tentou descida pela direita, mas Danilo chegou atrasado.

A queda de ritmo deu margem para a equipe de Ricardo Gareca se lançar à frente e assustarem em finalizações de fora da área. Flores encheu o pé, mas a bola passou rente à trave. Em seguida, Carrillo e Lapadula deram trabalho à marcação brasileira em tentativas. Já Marco López concluiu em chute venenoso, obrigando Weverton a saltar para garantir a defesa.

TITE FAZ TESTES

O técnico Tite passou a fazer testes na Seleção Brasileira. Inicialmente, colocou Matheus Cunha no lugar de Everton Ribeiro, colocando um trio de ataque. Após Neymar descer pela direita, o campeão olímpico finalizou de carrinho, só que Gallese defendeu. Neymar ainda tentou uma bicicleta e não teve sucesso.

Lucas Paquetá lançou e Hulk aproveitou cochilo do goleiro da seleção peruana para fazer um giro de corpo. Entretanto, o atacante, que voltava a atuar à Seleção Brasileira após mais de cinco anos de ausência, mandou por cima do travessão com o gol vazio.

AH, NEYMAR...

O ótimo desempenho de Neymar na Arena Pernambuco só teve um "porém". Na reta final, o atacante cometeu uma falta desnecessária no zagueiro Callens e recebeu um cartão amarelo. Mesmo assim, nada que tirasse a Seleção do rumo e garantisse a vitória por 2 a 0 sobre o Peru.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 2x0 PERU

Data-Hora: 09-09-21 - 21h30
Estádio: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE)
Árbitro: Wilmar Roldan (COL)
Assistentes: Alexander Guzman (COL) e Wilmar Navarro (COL).
VAR: Esteban Ostojich (URU)

Cartões amarelos: Casemiro, Lucas Paquetá, Gabigol, Neymar (BRA), Santamaría, Tapia, Yotún, Christofer Gonzáles (PER)

Gols: Everton Ribeiro, 13/1T (1-0), Neymar, 39/1T (2-0)

BRASIL: Weverton; Danilo (Daniel Alves, 17/2T), Éder Militão, Lucas Veríssimo e Alex Sandro; Casemiro (Bruno Guimarães, 31/2T), Gerson (Edenilson, 39/2T), Everton Ribeiro (Matheus Cunha, 17/2T) e Lucas Paquetá; Neymar e Gabigol (Hulk, 39/2T). Técnico: Tite

PERU: Gallese; Advíncula, Santamaría (Ramos, intervalo), Callens e Marcos López; Tapia (Cartagena, 14/2T), Yotún (Gabriel Costa, 14/2T), Christofer Gonzáles, Carrillo e Cueva (Flores, intervalo); Lapadula (Ruidíaz, 27/2T). Técnico: Ricardo Gareca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos