Neymar e clubes brasileiros se posicionam contra a discriminação no Dia de Combate à Homofobia

·3 minuto de leitura

São em datas como a desta segunda-feira - Dia Internacional de Combate à Homofobia - que os clubes de futebol podem demonstrar sua grandeza, também, fora das quatro linhas. No entanto, até o meio da manhã deste 17 de maio, nem todos fizeram isso.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O Cruzeiro, por exemplo, deu exemplo nas redes sociais ajustando até mesmo o seu escudo envolto às cores que simbolizam o movimento LGBTQI+. Na sequência, vieram mensagens de outras equipes (Flamengo, São Paulo, Atlético-MG, Palmeiras, Santos, Corinthians e Fluminense) no sentido de combater o preconceito e valorizar a igualdade e o respeito entre as pessoas, independentemente da orientação sexual.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Intolerância, discriminação, ódio... Essas são palavras que não cabem mais no dia a dia da sociedade. E é com este tipo de destaque que os clubes se utilizam de sua força e popularidade para tentar ajudar nesta causa tão importante.

NEYMAR E AÇÃO DO PSG CONTRA A HOMOFOBIA

Camisa 10 deu exemplo nesta data tão significativa | Xavier Laine/Getty Images
Camisa 10 deu exemplo nesta data tão significativa | Xavier Laine/Getty Images

Além dos clubes brasileiros, o PSG e o jogador de mais destaque do futebol nacional também deixaram seu recado. Neste domingo, quando o time francês goleou o Reims por 4 a 0, pela Ligue 1, Neymar, além de utilizar as cores do arco-íris no número 10 da camisa, também publicou uma mensagem em seu Instagram pessoal. "Respeito é bom e todo mundo gosta", escreveu. O elenco do Paris Saint-Germain entrou em campo com faixas exibindo mensagens em prol da diversidade sexual e de gênero.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos