Neymar diz que árbitro 'faltou respeito' com os jogadores do PSG


O empate com o Napoli, em 1 a 1, pela Liga dos Campeões, foi amargo para o PSG. O clube parisiense permanece na terceira colocação e a classificação, faltando apenas dois jogos, ficou mais difícil. Em jogo de muita pressão, o brasileiro Neymar, mais uma vez, teve atritos com o juiz Björn Kuipers. Na saída da partida, o craque criticou o juiz, com quem teve desavenças na Copa do Mundo da Rússia.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

- Não tenho queixas dos erros que se podem cometer, os árbitro é um ser humano e pode cometer erros. A forma que tratou os jogadores foi uma falta de respeito. Ele tem que respeitar todos os jogadores. Não pode ter um apito ou um cartão e estar por cima de todo mundo. Eu o condeno pela forma em que me tratou - disse Neymar ao 'Esporte Interativo'

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia mais:

Neymar diz que juiz "faltou o respeito" com jogadores do Napoli

Casa e coração: os ídolos compartilhados de Atlético-PR e Flu

Saiba do que o Bota precisa para escapar da degola 



Neymar e Kuipers já se desentenderam uma vez. Na partida contra a Costa Rica, pela fase de grupos da Copa, o brasileiro xingou diversas vezes o juíz e foi flagrado pelas câmeras. Contra o Napoli, o brasileiro não teve a melhor de suas atuações e o empate fez com que o PSG estacionasse na terceira posição, com cinco pontos, um a menos que clube italiano (líder) e Liverpool.

- É difícil falar nesse momento, mas o resultado não é bom. Viemos para ganhar, nossa equipe não tem que pensar em empatar. Temos que pensar na vitória. Vou para casa chateado, muito irritado - finalizou

 

Leia também