Neymar, Philippe Coutinho e Gabriel Jesus apoiam Taison após atos de racismo

Yahoo Esportes
MANCHESTER, ENGLAND - NOVEMBER 07: Taison of Shakhtar Donetsk during the Group F match of the UEFA Champions League between Manchester City and FC Shakhtar Donetsk at Etihad Stadium on November 7, 2018 in Manchester, United Kingdom. (Photo by James Williamson - AMA/Getty Images)
MANCHESTER, ENGLAND - NOVEMBER 07: Taison of Shakhtar Donetsk during the Group F match of the UEFA Champions League between Manchester City and FC Shakhtar Donetsk at Etihad Stadium on November 7, 2018 in Manchester, United Kingdom. (Photo by James Williamson - AMA/Getty Images)

Taison e Dentinho foram vítimas de racismo neste domingo (10). Os insultos aos brasileiros do Shakhtar Donetsk vieram de alguns torcedores do Dínamo de Kiev. Após a partida, os jogadores receberam apoio de outros atletas nas redes sociais. 

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Neymar, Philippe Coutinho e Gabriel Jesus foram alguns dos jogadores que utilizaram os Stories do Instagram para prestar apoio a Taison, com mensagens que dizem: “Não ao racismo”. 

Leia também:

Da esquerda para a direita: publicações de Neymar, Shakhtar Donetsk e Gabriel Jesus. (Foto: Reprodução/Instagram)
Da esquerda para a direita: publicações de Neymar, Shakhtar Donetsk e Gabriel Jesus. (Foto: Reprodução/Instagram)

Taison também desabafou pelas redes. “‘Amo minha raça, luto pela cor, o que quer que eu faça é por nós, por amor’. Jamais irei me calar diante de um ato tão desumano e desprezível! Minhas lágrimas foram de indignação, de repúdio e de impotência, impotência por não poder fazer nada naquele momento! Mas somos ensinados desde muito cedo a sermos fortes e a lutar! Lutar pelos nossos direitos e por igualdade! O meu papel é lutar, bater no peito, erguer a cabeça e seguir lutando sempre! Em uma sociedade racista, não basta não ser racista, precisamos ser antirracistas! O futebol precisa de mais respeito, o mundo precisa de mais respeito! Obrigada a todos pelas mensagens de apoio! Seguimos a luta”, escreveu o brasileiro ex-Internacional.

Dani Souza, esposa de Dentinho, dsse: “ É muito triste saber que em pleno 2019 atitudes como essa ainda existem. O que ele sofreu dentro do campo, acontece com milhares de pessoas fora dele. Não podemos aceitar isso jamais! Estamos com você, vida”.

O próprio Shakhtar Donetsk também se manifestou a favor dos brasileiros, utilizando a hashtag “#NoToRacism”.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter |Flipboard |Facebook |Spotify |iTunes |Playerhunter

Leia também