Ney Franco exalta psicológico do Sport em meio a decisões

Classificação às oitavas da Copa do Brasil e às semifinais da Copa do Nordeste, semifinal de Campeonato Pernambucano e confronto importante pela Sul-Americana – tudo isso em abril. O calendário não está sendo generoso com o Sport, mas o clima no clube é de confiança.

Depois da dramática partida com direito à disputa de pênaltis, nesta quarta-feira, que garantiu o Rubro Negro nas oitavas da Copa do Brasil, Ney Franco minimizou a maratona de decisões do clube. O treinador elogiou a parte psicológica de seus comandados e apontou que a equipe tem plenas condições de avançar em todos os torneios.

“É uma equipe que está muito madura emocionalmente, não só pelos pênaltis, mas por ter suportado a pressão do adversário durante praticamente toda a partida”, declarou, após o duelo contra o Joinville, que terminou com vitória catarinense por 2 a 1 e foi decidida após duas defesas do ídolo Magrão nas penalidades.

O duelo deste meio de semana não foi o único que o Leão decidiu após o tempo regulamentar. Pelo Nordestão, o Sport perdeu de 3 a 1 para o Campinense no jogo de ida, reverteu o placar na Ilha do Retiro e também avançou nas cobranças de pênaltis.

Já na Sul-Americana, a situação rubro-negra está mais tranquila. Pela primeira rodada do torneio, o time do Recife abriu 3 a 0 no jogo de ida, em casa, contra o Danubio, no último dia 6, e largou à frente para decidir a classificação no Uruguai, no dia 11 de maio.

A confiança e o emocional exaltados por Ney Franco serão testados novamente já às 16h do próximo domingo, quando o Sport visita o Náutico, pelo segundo confronto das semifinais do Estadual. O elenco leonino pode se garantir na decisão com um simples empate, pois conquistou uma grande virada no jogo de ida.

Ainda em abril, os Rubro-negros definem a participação na final da Copa do Nordeste, realizando um clássico local. Na próxima quarta-feira, o time de Ney Franco incia a trajetória na semi da competição, recebendo o Santa Cruz.