Next! Após vencer Belfort, Gastelum desafia Anderson Silva: "Interessante"

Kelvin Gastelum derrotou Vitor Belfort no UFC Fortaleza Tobias Bunnenberger

Kelvin Gastelum roubou a festa na última luta do card principal do UFC Fortaleza ao vencer Vitor Belfort por nocaute. E agora, o que o americano de origem mexicana quer para o seu próximo passo? Estragar outro evento brasileiro.

É isso mesmo que você leu. Gastelum revelou planos para o futuro e não descartou permanecer na divisão dos médios (84 kg), desde que seja oferecido a ele uma luta que lhe interesse. E qual seria a ideia do americano? Atuar no Brasil, em junho, no evento que acontecerá no Rio de Janeiro. O adversário? Nada mais, nada menos do que Anderson Silva.

“Eu disse que eu queria uma luta que me interessasse nos médios. E uma luta contra o Anderson Silva com certeza é uma luta que me interessa […] Eu gostei muito da minha experiência aqui e quero lutar outra vez no Brasil. Possivelmente em julho, no Rio de Janeiro”, afirmou Gastelum na coletiva de imprensa após o evento.

“É uma combinação de muita coisa. Ele é uma lenda, é um grande nome, está na minha frente no ranking, e eu quero lutas que me deixem mais próximos do cinturão”, explicou o americano.

A volta para a divisão dos meio-médios (77 kg) ainda não está totalmente descartada, mas os benefícios de atuar próximo ao seu peso real já são sentidas por Gastelum. E a principal delas se refere a poder fazer menos sacrifícios com o corpo.

“Me senti muito bem a semana inteira. Eu comi a semana inteira e me senti feliz o tempo todo. Mas eu sei dos meu limites eu sei o que eu posso fazer”, garantiu.

Foi a segunda luta em sequência de Kelvin Gastelum na divisão dos médios. Atual número dez do ranking, o americano deve subir pelo menos um degrau na lista quando ela fora atualizada, já que Belfort é o nono.