Newcastle, o novo 'super rico' do futebol? Quem são os possíveis compradores e quais reforços já são especulados no clube?

Goal.com

O Newcastle United poderá em breve ter novos proprietários, com uma oferta de aquisição de 300 milhões de libras (US$ 375 milhões) em andamento para tirar o clube da Premier League das mãos do notório Mike Ashley.

Os fãs dos Magpies estão agitando uma mudança de dono há anos, depois de testemunhar dois rebaixamentos sob a administração de Ashley, com um sentimento de frustração que é dividida entre os devotos do clube de Tyneside.

Ashley está ciente desse sentimento e ele colocou o clube à venda em 2017. Depois de algumas propostas sem desfecho positivo, parece que ele agora pode ter encontrado um comprador, com a Premier League sendo informada de que o processo está quase completo.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Então, quem está comprando o Newcastle do proprietário da Sports Direct e quais são seus planos? A Goal traz a você tudo o que você precisa saber sobre a possível aquisição.

Quem está comprando o Newcastle United?

Mohammed bin Salman
Mohammed bin Salman
(Foto: Getty Images)

O Fundo de Investimento Público (PIF) da Arábia Saudita, liderado pelo príncipe herdeiro Mohammed bin Salman, é o principal investidor da proposta de compra do Newcastle United, hoje nas mãos de Ashley.

Foi relatado que os planos de aquisição verão o PIF saudita adquirir uma participação de 80% no clube. Os 20% restantes serão divididos entre os PCP Capital Partners de Amanda Staveley (10%) e empresários britânicos, os irmãos Reuben (10%).

O PIF é o fundo soberano da Arábia Saudita, que investe em vários projetos diferentes em todo o mundo. A PCP Capital Partners é uma empresa de capital de risco e os irmãos Reuben - David e Simon - estão principalmente no setor de investimentos imobiliários.

Se a aquisição do clube continuar, Yasir Al-Rumayyan estará na presidência do Newcastle, de acordo com o Evening Chronicle. Al-Rumayyan, que também está envolvido com Saudi Aramco, Uber e SoftBank, será acompanhado pelo conselho do clube por Staveley.

Staveley, que ajudou a intermediar a compra do Manchester City pelo Sheikh Mansour de Abu Dhabi em 2008, esteve envolvida em negociações sobre a provável compra do Newcastle por vários anos, depois de tentar fazer um acordo com Ashley em 2017, quando ele inicialmente colocou o clube à venda.

Depois que o acordo se desintegrou, Ashley descreveu as negociações como "exaustivas, frustrantes e uma completa perda de tempo", mas Staveley não se deixou levar pelos comentários desdenhosos do magnata do varejo esportivo, dizendo ao The National em 2019 que era preciso "correr água debaixo da ponte" .

"Somos grandes torcedores do Newcastle, grandes fãs da equipe", disse Staveley à época, acrescentando que a equipe de Tyneside estava entre "muitos clubes" que seu grupo estava vendo.

O plano por trás da aquisição é, naturalmente, melhorar as fortunas do clube e transformar Newcastle em um time que desafia a glória da Premier League e da Liga dos Campeões, semelhante ao que aconteceu no Chelsea e no Man City.

"Por muito tempo, Newcastle existe para o benefício de um homem, e esse não será o caso dos novos proprietários", disse Alex Hurst, presidente do Newcastle United Supporters Trust, ao Guardian.

"Como torcedores, o que queremos ver deles é que o clube seja administrado de maneira sustentável, transparente e ambiciosa. Não exigimos ganhar troféus ou vencer a Liga dos Campeões e agradecemos que eles não possam nos fornecer um 'efeito Manchester City', mas o que queremos é uma sensação firme de que temos nosso clube de volta. e que está novamente indo na direção certa".

Curiosamente, não é o primeiro clube da Premier League com o qual os investidores sauditas estão envolvidos em discussões. Houve relatos em 2019 de que Mohammed bin Salman estava considerando uma aquisição de £ 3,8 bilhões (US$ 4,9 bilhões) do Manchester United. As negociações de aquisição foram descartadas e classificadas como "completamente falsas", mas foram realizadas discussões entre o clube e o PIF sobre um "projeto de patrocínio de propaganda".

Nem todos estão satisfeitos com a possibilidade de venda do Newcastle ao grupo saudita, porém. Hatice Cengiz era noiva do jornalista do jornalista Jamal Khashoggi, que foi assassinado no consulado da Arábia Saudita em Istambul supostamente a mando de Bin Hamman - o governo nega envolvimento no crime, e pede que a transação não ocorra. O repórter era um crítico da família real Saud.

Quais os alvos dos potenciais proprietários do Newcastle no mercado?

Philippe Coutinho Bayern
Philippe Coutinho Bayern
(Foto: Getty Images)

Caso a aquisição do Newcastle, conduzida por Staveley e apoiada pela Arábia Saudita, acabe por acontecer, espera-se um investimento financeiro significativo, particularmente no mercado de transferências.

Philippe Coutinho, jogador que pertence ao Barcelona, mas está emprestado ao Bayern, foi um dos nomes especulados. O brasileiro também desperta o interesse do Chelsea.

Antoine Griezmann Barcelona Napoli
Antoine Griezmann Barcelona Napoli
Griezmann, com a camisa do Barcelona (Foto: Getty Images)

Antoine Griezmann foi apontado como um possível reforço quando a aquisição for concluída, com a Sport Mediaset relatando que a estrela do Barcelona está na agenda. O canal também informa que Massimiliano Allegri, ex-técnico da Juventus e do Milan, está sendo escalado como substituto de Steve Bruce.

Assim como Allegri, Mauricio Pochettino, ex-técnico do Tottenham, foi apontado como potencial novo técnico do Newcastle, com a lenda dos Magpies, Mick Martin, dizendo ao Express: "[Pochettino] conhece grandes jogadores, conhece a América do Sul e a Europa. Ele é um grande nome no jogo".

Além dele, o ex-treinador do Newcastle, Rafa Benitez, também foi especulado, apesar de deixar o clube para a China após um prolongado desacordo com Ashley sobre as transferências do clube. Lucien Favre e André Villas-Boas, treinadores atualmente empregados no Borussia Dortmund e Olympique de Marselha, respectivamente, também são cogitados ao cargo.

Mais recentemente, um treinador bem conhecido do futebol brasileiro está ganhando força nos bastidores do time inglês: Jorge Jesus. O português está negociando sua renovação de contrato com o Flamengo, mas as conversas não estão andando como o clube carioca esperava. Conforme apurado pela Goal, o treinador está preocupado com a instabilidade política atual do Brasil e o interesse do Newcastle pode balançar JJ.

Um dos zagueiros mais cobiçados no mercado há alguns anos, Kalidou Koulibaly permaneceu no Napoli mas pode ser um reforço no time inglês. Phil Jones, defensor do Manchester United, também é um candidato à zaga do "novo rico". Para a lateral, fala-se em um brasileiro que já passou pela Premier League: Rafael Silva, lateral direito ex-United e que atualmente defende o Lyon.

O atacante do Lyon, Moussa Dembele, é alvo do Newcastle há vários meses, enquanto os fãs pensam animadamente na possibilidade de que novos donos de bilionários tenham a capacidade de contratar a estrela do Paris Saint-Germain, Kylian Mbappe, um alvo bem mais difícil, uma vez que interessa também ao Real Madrid. Por outro lado, Gareth Bale, que está em fim de ciclo com os Merengues, também foi especulado a nomes como Arturo Vidal, Carles Aleñà (Barcelona) e Edinson Cavani - cujo contrato com o PSG se encerra em poucos meses.

Outros que podem ser mais realistas no futuro imediato são a dupla do AC Milan, Franck Kessie e Hakan Çalhanoglu. O atleta da Costa do Marfim Kessie acrescentaria força física ao meio-campo dos Magpies, enquanto o astro turco Çalhanoglu possui uma técnica impressionante, principalmente de chutes de bola parada. O outro time de Milão, a Internazionale, também pode perder jogadores para o Newcastle. O meio-campista "bad boy" Radja Nainggolan seria um deles.

Vários jogadores da Premier League também estão ligados ao Newcastle, incluindo o meio-campista do Aston Villa, John McGinn, e o atacante do Burnley, Dwight McNeil. McGinn, que também foi apontado como um potencial alvo de transferências do Manchester United, provavelmente custaria entre 20 e 30 milhões de libras, enquanto acredita-se que McNeil seja avaliado em 35 milhões de libras.

O zagueiro inglês Mason Holgate, de apenas 23 anos, também é cogitado no clube. Holgate pertence ao Everton e é avaliado em 11,5 milhões de libras. Um outro jogador da mesma idade que poderia pintar no Newcastle é Donny van de Beek, meio-campista do Ajax. O time inglês teria a concorrência, simplesmente, de Real Madrid e Barcelona para contratar o holandês.

Nabil Fekir, do BétisNikola Kalinic, do Atlético de Madrid e Luka Jovic, do Real Madrid, são opções de LaLiga para o ataque do time inglês.

Os novos proprietários do Newcastle expandirão o St James 'Park?

St James' Park
St James' Park
(Foto: Getty Images)

Além de investir dinheiro no orçamento de transferências do clube, a fim de atrair grandes nomes ao nordeste da Inglaterra, os futuros proprietários do Newcastle estão planejando melhorar o St James 'Park.

O estádio com capacidade para 52.000 pessoas recebeu obras em 2019, mas não foi extensivamente expandido desde 2000. Outros desenvolvimentos do estádio deixaram de acontecer por influência dos principais líderes de futebol no Reino Unido. Hoje é o 10º maior estádio de futebol do país e, apesar de ter uma das maiores bases de fãs do Reino Unido, Newcastle agora tem um terreno menor do que clubes como West Ham e Tottenham.

Ainda não está claro como o St. James 'Park será reconstruído, mas é provável que haja uma atualização tipicamente modernizadora.

Leia também