Neto de Pelé chama avô de ídolo e desabafa: 'Dia mais doloroso da minha vida'

Arthur publicou registro ao lado do avô no Hospital Albert Einstein, em São Paulo (Reprodução/Intagram)


A morte de Pelé foi lamentada por grandes personalidades do futebol e pela família do Rei do Futebol. Arthur Spies, neto do ídolo brasileiro e filho de Flávia Cristina, escreveu um texto nas redes sociais onde se declarou ao avô e desabafou sobre a dor da perda.

- Com certeza hoje é um dia muito doloroso, o mais doloroso da minha vida, mas agora só resta lembrar dos momentos bons, do que o Pelé fez para o Brasil e para o mundo, as pessoas que ele ajudou e as conquistas que ele teve na carreira e na vida. Vovô Dico, você é o meu ídolo e sempre será, independente de onde você esteja, na terra ou no céu, e sempre serei seu Tutu de feijão, agora só restam memórias boas juntas - publicou.

+ Pelé eterno! Relembre 20 declarações históricas sobre o Rei

- Sei que, independentemente de onde estiver, você sempre estará me apoiando e me abençoando em tudo na vida e estará junto comigo. Tenho consciência limpa de que você vai para o céu com uma imagem minha de um neto muito presente, que sempre te amou muito e quis estar junto com você. Te amo muito, vô, independentemente de onde você esteja, sempre te levarei junto na minha vida, em momentos bons e ruins, porque eu sei que, se você estivesse aqui, me apoiaria, te amo, vô - completou Arthur.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

+ Messi publica fotos ao lado de Pelé e se despede: 'Descanse em paz'

Pelé foi internado no dia 29 de novembro para reavaliar a quimioterapia para tratar câncer no cólon. O Rei, porém, teve uma piora no quadro e passou um mês no Hospital Israelita Albert Sabin até morrer nesta quinta-feira após falência múltipla dos órgãos.