Neto dispara contra Flamengo por insistência em retorno do público: 'Estão sem grana'

·1 minuto de leitura


Hoje, às 21:30, Flamengo e Grêmio decidem quem avança para as semifinais da Copa do Brasil. Porém, diferente do jogo de ida, em Porto Alegre, o jogo no Maracanã vai contar com a presença de torcedores. No programa "Donos da Bola", o apresentador Neto criticou veementemente a insistência do clube do Rio e o aval cedido pelo STJD.

- Com todo respeito ao Flamengo, mas desculpa, esse é o momento? Está certo isso, se outros 17 clubes não querem (torcida nos jogos enquanto algumas cidades e estados ainda não liberaram) - começou Neto.

+ Confira resultados da Copa do Brasil

- Aí o Flamengo vai atochar na nossa goela que vai ter público porque eles estão sem grana. E o Altos do Piauí, Guarani, Ponte Preta, Votuporanguense, XV de Piracicaba, Bangu e todos os outros filiados à CBF? - disparou.

No fim do desabafo, Neto ainda manda um recado aos torcedores do Flamengo.

- O torcedor flamenguista que está me vendo agora me odeia, mas eu não estou nem aí para você, irmão! E não posso falar o que gostaria de falar. Estou nem aí, mas estou aí para o futebol. Se fosse o Corinthians eu daria mais cacete ainda! - concluiu.

Depois de alguns imbróglios judiciais, o Flamengo poderá receber público na partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil contra o Grêmio nesta quarta-feira. O Maracanã, contudo, estará de portas abertas para apenas 24.783 torcedores que respeitarão um protocolo sanitário que passa da testagem até a vacinação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos