Neto detona CBF e Tite por liberação de Fagner dos amistosos da Seleção

Yahoo Esportes
Neto criticou bastante os últimos amistosos da seleção
Neto criticou bastante os últimos amistosos da seleção

A possível presença do lateral direito corintiano Fagner no jogo contra o Flamengo, nesta quarta-feira, pela semifinal da Copa do Brasil, foi assunto bastante debatido nos “Donos da Bola” desta terça-feira. Desconvocado da Seleção Brasileira devido à lesão na coxa esquerda, o lateral Fagner se recuperou, voltou a treinar e está liberado para a partida.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

A recuperação mais rápida do que o previsto, três a quatro semanas inicialmente, surpreendeu a todos e levantou suspeitas sobre a lesão do jogador. Para o craque Neto, a CBF e a comissão técnica de Tite são os culpados pela saia justa, pois poderiam ter outra postura nesse caso. “O Fagner foi convocado, Tite, viaja pra cá. O médico da seleção avalia, o preparador físico avalia, o Edu Gaspar avalia. Você não tem condições de jogar, pode voltar. A CBF vai, dá a carta que não tem condições de jogar”, explicou.

Outro fator que irritou Neto foi a entrevista de Tite explicando que não poderia trazer atletas para se recuperarem na Seleção. Para o apresentador, ele foi incoerente com essa declaração. “O Tite! Deixa eu falar uma coisa para você, vou bem perto da câmera. Por que você levou o Renato Augusto machucado para a Copa do Mundo, então, e agora você tem outro pensamento? No amistoso de “M”, porque aqui eu não posso falar palavrão, um amistoso com El Salvador que a minha mãe ganha, com uns peitos desse tamanho assim”, gritou.

Leia mais:
– Marcelo é condenado por fraude fiscal na Espanha
– Histórico do Fla na Arena aumenta necessidade de vitória no Maracanã
– Tradutor e adaptação ao clima: como é o início de Sasaki no Palmeiras

Ainda furioso, o ex-jogador questionou o motivo de alguns atletas lesionados não terem sido cortados do Mundial da Rússia. “Por que ele levou jogador para a Copa do Mundo machucado? Ele levou o Douglas Costa que teve sete contusões, levou o Fred, que tomou uma pancada do Casemiro, e levou o Renato Augusto, agora contra El Salvador, desculpa”, lamentou.

A CBF também foi alvo da língua afiada de Neto por não paralisar as competições nacionais nas chamadas datas FIFA. “Temos uma semifinal, daqui a pouco tem Brasileiro, tem Libertadores, aí vocês marcam amistosos contra Estados Unidos e El Salvador. Tá certinho vocês, errado sou eu. Tá certinho botar o Neymar de capitão, tá certinho o Rogério Caboclo ser o próximo presidente da CBF”, disparou.

O único poupado foi o próprio Fagner, que na visão do apresentador, não tem culpa nenhuma pelo ocorrido.

 

 

Leia também