Neto comenta atrito entre Róger Guedes e Vítor Pereira no Corinthians

Róger Guedes e Vítor Pereira viveram dias de relação conturbada no Timão (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)


Ex-jogador e apresentador do 'Donos da Bola', Craque Neto iniciou o programa desta segunda-feira comentando sobre o atrito entre o técnico Vítor Pereira e o atacante Róger Guedes, no Corinthians. Neto defendeu as falas do treinador durante a entrevista coletiva após o clássico contra o São Paulo, afirmando que o jogador precisa se esforçar mais.

- O que ele (Vítor Pereira) quis dizer é que, o Róger Guedes tem que entregar mais. Tem que fazer o que o Jô fez. Você (Róger Guedes) é um dos melhores atacantes do futebol brasileiro, mas será que está dando aquilo que ele quer nos treinamentos ? Será que aquilo que ele quer taticamente, você está fazendo ? - questionou o apresentador.

Róger Guedes sequer entrou em campo no empate em 1 a 1 contra o São Paulo, na Neo Química Arena, em partida válida pela sétima rodada do Brasileirão. O atacante também não atuou diante do Boca Juniors, pela fase de grupos da Libertadores.

+ Mauro Cezar detona craque do Corinthians: 'Não tem tamanho para escolher onde quer jogar'

Vítor Pereira, explicou o motivo de não ter colocado o atacante Róger Guedes em campo mesmo quando o time estava atrás no placar. O português afirmou que o camisa 9 não tem correspondido nos treinos e, por isso, está sendo pouco aproveitado.

+ Relação do atacante com Vítor Pereira chega a ponto crítico no Corinthians

- Eu não tenho problema pessoal com nenhum jogador. Já disse que estou aqui para ajudá-los e que todos melhorem, mas eu tenho que montar o time baseado naquilo que me mostram no treino e no jogo. O Róger passou por um momento muito bom e hoje está com dificuldades de responder no treino. Eu queria que ele me transmitisse a confiança de que posso contar com ele, mas não sinto isso e nem nos treinos e jogos há uma indicação de melhora. Tenho que tomar as minhas decisões com base no que ele está fazendo agora e não com o que ele já fez - afirmou o treinador.

O treinador afirmou que a posição que Guedes ocupa no campo tem impacto direto no coletivo. Vitor Pereira comentou sobre o jogador, que também não teve oportunidade contra o Boca, ter preferência em atuar em determinado setor e deu um exemplo pessoal:

+Neto ironiza Ceni após empate do Corinthians contra o São Paulo

- Eu também queria treinar o Liverpool. Ia correndo direto para a Inglaterra, com todo respeito que tenho ao Corinthians, mas o Liverpool é o Liverpool. Aqui não é o que nós queremos, na minha filosofia de jogo é o que a equipe precisa. Às vezes, do Róger pela esquerda, outras vezes pelo meio e outras pela direita e ele tem que ter a capacidade de responder às situações, com compromisso defensivo para não desequilibrar a equipe. Futebol não dá para jogar com jogador sem compromisso e preciso de uma resposta mais forte - completou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos