Neto afirma que torcedor racista do Boca Juniors 'nunca mais deveria entrar num estádio de futebol'

Ex-jogador Neto criticou o presidente Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução/Band)


O caso de racismo ocorrido na vitória do Corinthians sobre o Boca Juniors segue gerando discussões. Quem não gostou nada dessa situação foi o apresentador Neto. Pelas redes sociais, o ex-jogador publicou um texto dizendo que o torcedor argentino - Leonardo Ponzo - nunca mais deveria pisar em um estádio de futebol.

Torcedor que acusou racismo de argentino reclama da postura do Corinthians; clube se posiciona


- O racista que foi levado da Neo Química Arena não deveria nunca mais entrar num estádio de futebol. Palhaçada esse cara ainda ter tirado sarro depois de tudo que aconteceu - publicou Neto.

Após os gestos, Ponzo foi levado para a delegacia, mas acabou sendo solto após pagar fiança. Pouco depois, ele apareceu numa foto ao lado de um amigo que tirou sarro da situação. A imagem foi postada com legenda irônica e um emoji de macaco.

O Corinthians publicou uma nota repudiando o ocorrido, mas o torcedor permanece solto. O Timão volta a campo no próximo domingo, contra o Fortaleza, às 16h, na Neo Química Arena, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos