Nenê sai em defesa de Cristovão Borges: 'Tem o nosso apoio'

Técnico vascaíno foi muito hostilizado no empate em 1 a 1 contra o Vitória, em São Januário

O Vasco ficou no empate de 1 a 1, em São Januário, pela ida da terceira fase da Copa do Brasil. Mesmo com um a menos desde o fim do primeiro tempo, o Cruz-Maltino só conseguiu evitar a derrota aos 47 do segundo. A torcida não gostou nada e um dos mais hostilizados foi o técnico Cristovão Borges. Porém, segundo Nenê, o treinador conta com o apoio dos jogadores.

- Com certeza ele (Cristovão Borges) tem o nosso apoio - disse o camisa 10 vascaíno ao 'Fox Sports'.

Cristovão passou a ser muito xingadores pelos torcedores vascaínos principalmente após o gol do Vitória, aos 23 do segundo tempo. Os vascaínos chamaram o técnico de burro e vaiaram. Mesmo com o empate no fim, ele não foi perdoado na saída de campo e ouviu xingamentos.

O Vasco volta a entrar em campo no próximo domingo, contra o Macaé, pelo Campeonato Carioca. O jogo de volta contra o Vitória pela Copa do Brasil acontece no próximo dia 16, no Barradão, em Salvador.





E MAIS: