"Nem nos meus sonhos mais loucos": diz Ramos após marcar 3 gols em atuação inesperada na Copa

Atacante de Portugal Gonçalo Ramos comemora um dos 3 gols contra a Suíça

Por Martin Petty

LUSAIL, Catar (Reuters) - O português Gonçalo Ramos ficou tão surpreso quanto todo mundo ao ser escalado como titular na goleada de Portugal por 6 x 1 sobre a Suíça nesta terça-feira, pelas oitavas de final da Copa do Mundo, e conseguir marcar um hat-trick estava muito além da sua imaginação.

Estreando como titular em uma Copa do Mundo, Ramos marcou três gols contra os suíços, e ainda deu uma assistência, para levar Portugal às quartas de final pela primeira vez desde 2006.

Ramos, de 21 anos, ganhou as manchetes antes do apito inicial, quando os times foram anunciados, ao ser escolhido pelo técnico Fernando Santos para liderar o ataque no lugar de Cristiano Ronaldo, que foi para o banco de reservas.

Não demorou muito para que o jovem se tornasse uma das maiores histórias do Mundial do Catar até o momento.

"Acho que nem nos meus sonhos mais loucos eu pensava em estar entre os 11 titulares na fase mata-mata", disse Ramos, sorrindo.

Questionado se Cristiano falou com ele antes do jogo, Ramos disse que a questão de ele estar no banco não surgiu entre os jogadores.

Ramos fez sua estreia na vitória de Portugal por 4 x 0 sobre a Nigéria em um amistoso alguns dias antes da Copa do Mundo, e jogou um total de 10 minutos como substituto em duas das três partidas da fase de grupos do Mundial.

Os três gols do atacante do Benfica fizeram dele o primeiro jogador a marcar um hat-trick em sua estreia como titular na Copa do Mundo desde Miroslav Klose contra a Arábia Saudita em 2002.